“B-R-O bró vai ser mais quente este ano”, diz climatologista

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Segundo o climatologista Werton Costa, a previsão é que o período seco tenha temperaturas acima da média.

Com a proximidade o fim da estação chuvosa, a preocupação dos piauienses se volta para o período seco, conhecido popularmente como B-R-O bró. Segundo o climatologista Werton Costa, é previsto que as temperaturas da estação seca este ano sejam ainda mais quentes.

“O período seco vai ser mais quente – e provavelmente mais seco – porque o período chuvoso também foi quente. Foi feito um levantamento da quadra chuvosa, de janeiro a abril, e observamos que, intercalado com as chuvas, tivemos períodos de muito sol. O mês de abril, por exemplo, foi muito quente. Março foi ameno porque choveu bastante, principalmente no Norte do Piauí, mas em todos os demais meses as temperaturas estavam acima da média”, afirmou Werton.

Werton Costa

De acordo com o especialista, o fim da estação chuvosa e a transição para o período mais seco pode surpreender e serem registradas temperaturas abaixo dos 21ºC, como aconteceu no último fim de semana em algumas cidades da região Sul do Piauí.

“Nós estamos no final da estação chuvosa. Essa é uma fase de transição para o período seco propriamente dito e uma parte dela é chamada de pós-estação, onde ainda há chuva. A questão da temperatura baixa é totalmente normal, porque nós não estamos falando da temperatura diurna, de pico. A temperatura mais elevada continua existindo, mas nós estamos falando da temperatura mínima, que é a mais baixa registrada durante o dia e ocorre geralmente no final da madrugada ou no começo da manhã”, disse.

Werton informou ainda que as temperaturas baixas são registradas em decorrência da falta de umidade no ar e ausência de nuvens, o que dificulta que o calor seja mantido no solo.

“Como as chuvas já reduziram e essas temperaturas baixas são quase todas no Sul – Canto do Buriti, Paulistana, Corrente – não tem umidade. Durante a madrugada, há uma condição de ar seco sobre essas cidades e aquele calor que se recebe durante o dia volta rapidamente para o espaço. O segredo dessas temperaturas baixas é justamente a condição de ar mais seco e a ausência de nuvens no céu. Enquanto essa situação permanecer – e isso vai até meados de julho – nós vamos ter vários episódios de temperaturas baixas. Só começa a mudar em agosto, porque já não vai existir mais água no solo devido à umidade do período chuvoso já ter evaporado”, completou o climatologista.

Com informações do Clube News

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

‘Churrasco do brasileiro’: Preço da picanha cai, mas cerveja fica mais cara em 12 meses

Carnes, frango e linguiça estão mais em conta, mas pão de alho, vinagrete e bebidas se tornaram principais vilões...

Com investimento de R$ 3 milhões, governo do Piauí entrega escola “modelo” em tempo integral

Fundado em 1938, o Ceti Fenelon Castelo Branco foi totalmente reformado e requalificado para se adequar ao padrão Seduc. O...

Campeonato de Jerumenha estreia com vitória dominante do China sobre o Serraria por 4X0

O Campeonato de Futebol de Jerumenha teve seu pontapé inicial ontem, 13 de abril, com um confronto entre as...

Wellington Dias defende Bolsa Família para trabalhadores rurais com carteira assinada

A matéria tramita na Câmara dos Deputados e sofre pressão da bancada ruralista, que tenta acelerar a aprovação do...
spot_img

PL que regula atividade dos motoristas de aplicativos ganha mais tempo na Câmara

Os profissionais seguem acompanhando as discussões no Congresso, que agora terá o texto analisado por outras 3 comissões da...

Mais R$ 1,4 bilhão está ao alcance dos produtores rurais por meio do Plano Safra

O montante disponível para operações de crédito foi anunciado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  Advogado especialista...
spot_img

Posts Recomendados