PiauíBrasil registra pela 1ª vez mais de 3 mil...

Brasil registra pela 1ª vez mais de 3 mil mortes por Covid em um dia

-

spot_img

País contabilizou 12.136.615 casos e 298.843 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de veículos de imprensa. Foram 3.158 mortos registrados em 24 horas.

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira vez. Foram 3.158 mortes pela doença nas últimas 24 horas, totalizando 298.843 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.349, mais um recorde no índice.Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +43%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

É o que mostra novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h de terça.

Curva mostra mortes registradas por dia desde o início da pandemia, até a marca de 3.158, mais alta até aqui — Foto: Editoria de Arte/G1

Curva mostra mortes registradas por dia desde o início da pandemia, até a marca de 3.158, mais alta até aqui — Foto: Editoria de Arte/G1https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Já são 62 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de 1 mil; pelo décimo sexto dia a marca aparece acima de 1,5 mil; e o país completa agora uma semana com essa média acima da marca dos 2 mil mortos por dia. Foram 25 recordes seguidos nesse índice, registrados de 27 de fevereiro até aqui.

Veja a sequência da última semana na média móvel:

Aumento na média móvel de mortes por Covid na última semana. Já são 25 dias com recordes seguidos no índice — Foto: Editoria de Arte/G1

Aumento na média móvel de mortes por Covid na última semana. Já são 25 dias com recordes seguidos no índice — Foto: Editoria de Arte/G1

  • Quarta (17): 2.031 (recorde)
  • Quinta (18): 2.096 (recorde)
  • Sexta (19): 2.178 (recorde)
  • Sábado (20): 2.234 (recorde)
  • Domingo (21): 2.255 (recorde)
  • Segunda (22): 2.298 (recorde)
  • Terça (23): 2.349 (recorde)

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 12.136.615 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 84.996 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 75.288 novos diagnósticos por dia –sexto recorde seguido nessa média. Isso representa uma variação de +9% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Dezenove estados e o Distrito Federal estão com alta nas mortes: PR, RS, SC, ES, MG, RJ, SP, DF, GO, MS, MT, AP, TO, AL, BA, PB, PE, PI, RN e SE.

Brasil, 23 de março

  • Total de mortes: 298.843
  • Registro de mortes em 24 horas: 3.158
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 2.349 (variação em 14 dias: +43%)
  • Total de casos confirmados: 12.136.615
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 84.996
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 75.288 por dia (variação em 14 dias: +9%)

Estados

  • Subindo (19 estados e o Distrito Federal): PR, RS, SC, ES, MG, RJ, SP, DF, GO, MS, MT, AP, TO, AL, BA, PB, PE, PI, RN e SE
  • Em estabilidade (5 estados): AC, PA, RO, CE e MA
  • Em queda (2 estados): AM e RR

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Vacinação

Balanço da vacinação contra Covid-19 desta terça-feira (23) aponta que 12.793.737 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 6,04% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 4.334.905 pessoas (2,05% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 17.128.642 doses foram aplicadas em todo o país.

Por G1

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber o motivo de não terem vacinando ainda nem os de mais de 80 todos e já terem pulado para os mais novos? Qual critério está sendo usado?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Em meio à pandemia, cresce procura por microfranquias

Existem cerca de 600 redes de microfranquias no país e investimento para se tornar um franqueado chega até R$...

Wellington Dias prorroga medidas restritivas até o dia 18 de abril; veja o que pode funcionar

A novidade é que o toque de recolher será a partir de 22h. Na sexta (16), sábado (17) e...

Senador Ciro Nogueira vai propor inclusão de governadores e prefeitos na CPI da Covid

O presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira (PI), disse nesta sexta-feira, 9, que vai sugerir aos colegas senadores que...

Quanto tempo dura a proteção das vacinas contra a Covid-19?

Pesquisadores analisam o comportamento da imunidade nos vacinados e estão verificando que as vacinas seguem protegendo quem já tomou....
spot_imgspot_img

Saiba como denunciar agressões contra crianças; em 2020, foram 95 mil casos

Segundo o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, entre 80% e 90% dos casos de violência...

“Bolsonaro é forte candidato a ser o 1º presidente a não se reeleger”, diz Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), avalia que o presidente Jair Bolsonaro enfrenta o seu pior...
spot_img

Posts Recomendados