Casa da Mulher é inaugurada em Teresina e ofertará atendimento integral à vítimas de violência

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A estrutura contempla serviços de triagem, acolhimento, alojamento, apoio psicossocial, jurídico e promoção de autonomia econômica, além de brinquedoteca para as crianças.

O Governo do Piauí e o Ministério das Mulheres inauguraram, nesta sexta-feira (8), a Casa da Mulher Brasileira (CMB) de Teresina. O complexo oferece atendimento integral à mulher vítima de violência, reunindo os mais diversos órgãos da rede de proteção em um único lugar. A Secretária Nacional de Enfrentamento à Violência Doméstica, do Ministério das Mulheres, Denise Motta, representou a ministra Cida Gonçalves.  A capital piauiense é a nona cidade brasileira contemplada pelo Governo Lula com a CMB, um feito destacado na solenidade. Outras cidades do Piauí, a exemplo de Picos, serão contempladas com a Casa da Mulher.

“A mulher vai ter um serviço integrado com vários órgãos, inclusive orientando e qualificando as mulheres, dar autonomia econômica para que elas possam sair do ciclo de violência e continuarem vivas” avaliou Zenaide Lustosa, secretária da Mulher.  

      
A Casa da Mulher Brasileira de Teresina oferecerá assistência a mulheres vítimas de violência, em uma estrutura que contempla serviços de triagem, acolhimento, alojamento, apoio psicossocial e jurídico e promoção de autonomia econômica, além de brinquedoteca para as crianças.

A ministra da Mulher, Cida Gonçalves e a primeira-dama, Janja Lula da Silva, acompanharam remotamente a  cerimônia de entrega  da Casa.  “Daqui de Brasília, do Planalto Central, mando meu abraço e do Presidente Lula para todas as mulheres que estão aí hoje. Tenho certeza que este vai ser um equipamento muito importante, e vai contribuir para que mulheres sejam atendidas com os diferentes serviços oferecidos pela Casa da Mulher” disse Janja da Silva.

WhatsApp Image 2024-03-08 at 20.47.22 (3).jpeg

O investimento do Governo Federal para a construção da unidade foi de R$ 5,5 milhões. A prefeitura de Teresina ofertou o terreno. Cida Gonçalves destacou a representatividade do número de atendimentos alcançado pela CMB no país. “200 mil mulheres foram atendidas em 2023 com este serviço. Teresina vai ganhar um grande instrumento para enfrentar a violência”, disse a Ministra da Mulher.

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil, Wellington Dias, falou do compromisso do Governo Federal em levar a Casa da Mulher Brasileira para Picos e outras regiões do Piauí. “Um espaço onde a mulher pode se sentir poderosa, ter uma condição de atendimento digno. Vamos ter aqui o elo com Conselho da Mulher e outras entidades, o que garante uma diferença muito grande. Como politica social é um passo muito grande para Teresina” avaliou Dias.  

WhatsApp Image 2024-03-08 at 20.47.22 (2).jpeg

Presente na solenidade, a Secretária de Estado da Assistência Social, Regina Sousa, ressaltou que a unidade pode auxiliar também mulheres com necessidade de apoio psicológico e na área da assistência social, sem que ela tenha necessariamente sofrido violência doméstica. Também esteve na inauguração a Secretária Nacional de Enfrentamento à Violência Doméstica, Denise Motta.  

WhatsApp Image 2024-03-08 at 20.47.23 (1).jpeg

Números da Violência

O Centro de Operações da Policia Militar do Piauí (Copom), registrou de janeiro a dezembro de 2023, por meio do 190, 3361 chamadas relacionadas a casos de violência doméstica em todo o estado. Em 2022, foram 2540 casos, totalizando um aumento do número de chamadas de 32,32%.  As chamadas de emergência em Teresina tiveram um aumento de 20,87%, em 2023.  Foram registradas 1361 chamadas e 1126 casos em 2022.

A delegada Bruna Verena, diretora do Departamento Estadual de Proteção à Mulher, destacou a importância da Casa para enconrajar mulheres a denunciarem os agressores. “A gente tem essa missão de atender de forma humanizada, com atedimento psicosocial através de equipe multidisciplinar. Fortalecer essa mulher para que ela possa se empoderar, denunciar e sair dessa situação de violência” comentou.

WhatsApp Image 2024-03-08 at 20.28.51.jpeg

A Casa da Mulher Brasileira de Teresina fica na na Rua Dezenove de Novembro, 3102, Bairro Primavera, zona norte da capital.

Leonidas Amorim
Leonidas Amorimhttps://portalcidadeluz.com.br
Acompanhe nossa coluna no Portal Cidade Luz e fique por dentro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Senado aprova projeto que renova cotas raciais em concursos públicos

Texto precisa ser aprovado pelos deputados federais até junho O Senado aprovou nesta quarta-feira (22) a reserva de vagas em concursos...

STF reconhece assédio judicial a jornalistas e veículos de imprensa

Decisão foi tomada por unanimidade Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu nesta quarta-feira (22) o chamado "assédio judicial"...

Deputada Ana Paula quer explicações sobre fechamento de campus da Uespi

O Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, por unanimidade, o Requerimento 150/24, da deputada Ana Paula (MDB), solicitando...

Concurso da Polícia Militar: Alepi autoriza Governo do Estado a convocar novos candidatos

A proposta determina a contratação de mais policiais e mudanças no Estatuto da PM foram aprovadas em 1ª e...
spot_img

Projeto que prevê castração química para estupradores é aprovado no Senado

O tratamento químico hormonal deve ser voluntário; PL foi aprovado pela CCJ e segue para à Câmara dos Deputados. A...

Novo DPVAT: seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025

Serão garantidos os custos de atendimentos médicos, fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, que não sejam disponibilizados pelo SUS. O pagamento de...
spot_img

Posts Recomendados