COE de Teresina recomenda uso de máscara em locais com aglomerações

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Membros do Comitê decidiram que uso do EPI será obrigatório apenas em Centros de Saúde.

Membros do Comitê Municipal de Operações Emergenciais (COE) se reuniram novamente nesta sexta-feira (10) e decidiram recomendar o uso de máscara em locais fechados e com aglomerações em Teresina. O EPI será obrigatório em unidades de saúde da capital.

Na última segunda (06), o prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) havia recomendado o retorno do uso da máscara como medida de combate à covid-19. Alguns estados estão registrando aumento de casos da doença.

Ao A10+, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque relatou que Teresina registrou um aumento no número de testes covid-19. A máscara será obrigatória apenas na área da Saúde. As demais áreas receberão apenas recomendações, ou seja, não será obrigatório.

Fotos: Ascom FMS

“Não vamos esperar que essas pessoas adoeçam para tomarmos medidas. Por enquanto, serão recomendações. Conseguimos um número de 98% de imunizados e isso dá uma garantia que mesmo essas pessoas infectadas, elas não precisam de internação hospital. Ainda temos um número pendente de terceira e quase dose. Pedimos que as pessoas compareçam, quantas mais pessoas vacinadas, menos complicações teremos na rede hospitalar”, explicou.

Walfrido Salmito, membro do COE, relatou ao A10+ que vai recomendar a obrigatoriedade do uso de máscara em hospitais na capital. Também será estabelecido o uso do EPI em locais com infectado, na proporção de 1 para 500 pessoas.

“Vamos solicitar que a Prefeitura de Teresina emita decreta com a obrigatoriedade do uso de máscara para os serviços de saúde, havia apenas uma recomendação. A gente vai recomendar o uso de máscara em grandes aglomerações como locais fechados, com shows e etc. Que a gente faça o uso como recomendação apenas e também vamos recomendar, em, por exemplo uma escola que tiver um caso a cada 500 pessoas a gente faça a recomendação do uso para essas situações”, completou.

Para justificar as mudanças o COE destacou que houve aumento de 385% dos casos confirmados de Covid nos últimos dias. Além do aumento da positividade nos testes antígenos. Testes e atendimento a pacientes com covid-19 vão continuar sendo feitos nas UBS’s da capital.

“O número de testes aumentou na sua positividade. Nós não vamos esperar que essas pessoas adoeçam, sejam internadas, vão para UTI para que a gente possa tomar medidas. Estamos tomando previamente. Os demais por enquanto serão recomendações. Nós ainda temos um número pendente de terceira e quarta dose porque estão demonstrado nos números que quanto mais pessoas vacinadas, menos complicações nós temos na rede hospitalar”, disse Gilberto Albuquerque.

Portal A10+

Leonidas Amorim
Leonidas Amorimhttps://portalcidadeluz.com.br
Acompanhe nossa coluna no Portal Cidade Luz e fique por dentro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

‘Churrasco do brasileiro’: Preço da picanha cai, mas cerveja fica mais cara em 12 meses

Carnes, frango e linguiça estão mais em conta, mas pão de alho, vinagrete e bebidas se tornaram principais vilões...

Com investimento de R$ 3 milhões, governo do Piauí entrega escola “modelo” em tempo integral

Fundado em 1938, o Ceti Fenelon Castelo Branco foi totalmente reformado e requalificado para se adequar ao padrão Seduc. O...

Campeonato de Jerumenha estreia com vitória dominante do China sobre o Serraria por 4X0

O Campeonato de Futebol de Jerumenha teve seu pontapé inicial ontem, 13 de abril, com um confronto entre as...

Wellington Dias defende Bolsa Família para trabalhadores rurais com carteira assinada

A matéria tramita na Câmara dos Deputados e sofre pressão da bancada ruralista, que tenta acelerar a aprovação do...
spot_img

PL que regula atividade dos motoristas de aplicativos ganha mais tempo na Câmara

Os profissionais seguem acompanhando as discussões no Congresso, que agora terá o texto analisado por outras 3 comissões da...

Mais R$ 1,4 bilhão está ao alcance dos produtores rurais por meio do Plano Safra

O montante disponível para operações de crédito foi anunciado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  Advogado especialista...
spot_img

Posts Recomendados