Nacional Com atraso, governo inicia ajuda a artistas na pandemia

Com atraso, governo inicia ajuda a artistas na pandemia

-

Somente agora, em setembro, o governo começa a pagar auxílio emergencial para classe artística do país para amenizar os efeitos da pandemia.

O benefício é no valor de três parcelas de R$ 600.

A primeira etapa de pagamento dos recursos da União para os governos locais ocorre nesta semana. A última etapa será no fim de outubro. Os gestores locais vão cuidar do pagamento. Enquanto isso, muitos artistas têm ficado em casa, com baixo ou nenhum retorno financeiro.

Foto: Divulgação

A própria Orquestra Sinfônica de Brasília, com a relevância que tem, gravou de casa o vídeo para exibição do hino nacional na comemoração do 7 de setembro, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ministros, no Alvorada.

O secretário de Cultura de Brasília, Bartolomeu Rodrigues, afirmou à CNN que a capital federal terá direito a quase R$ 40 milhoes desses valores e que a grande expectativa é que a liberação ocorra logo. Nas palavras dele, “milhares de artistas em todo o país aguardam ansiosos esse auxílio emergencial”.

O benefício será pago com base na lei batizada de Aldir Blanc, compositor e escritor que morreu vítima da Covid-19.

Ao todo, a Secretaria Nacional de Cultura vai liberar cerca de R$ 3 bilhões que poderão ser utilizados pelos estados e municípios tanto como assistência para os artistas autônomos quanto para a manutenção de espaços artísticos culturais.

Não há como negar que um dos motivos da demora, foram as idas e vindas com a saída da secretária nacional de Cultura Regina Duarte. Dias antes de ser demitida, em maio, a atriz ainda comemorava a assinatura de sua primeira ação normativa para cultura. Apesar da saída de Regina, a liberação dos recursos demorou mesmo assim. Atualmente o secretário é o ator Mário Frias.

Tem direito ao benefício artistas com atuação de dois anos comprovada. Também devem ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135), o que for maior.

Por Basília Rodrigues, CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Governo Bolsonaro é reprovado por 40% e somente 31% aprovam, aponta pesquisa Datafolha

No levantamento anterior, de dezembro, 37% consideram governo ótimo ou bom e 31%, ruim ou péssimo. Para 42%, Bolsonaro...

Secretários de Fazenda de todos os estados pedem medidas urgentes contra 2ª onda da Covid

O novo crescimento da pandemia de covid-19 levou secretários estaduais de Fazenda, sob a presidência do secretário do Piauí,...

Hospital Universitário de Teresina confirma que receberá 15 novos pacientes de Manaus

O Hospital Universitário (HU) confirmou na noite da sexta-feira (22) que receberá mais 15 pacientes vindos de Manaus precisando...

Wellington Dias sanciona lei que torna atividades religiosas como essenciais em todo o Piauí

Com isso, passa a garantir o funcionamento das igrejas e templos religiosos de qualquer crença. A medida garante aos...

Prefeita Neidinha Lima apresenta os dirigentes dos diversos órgãos da Saúde em Guadalupe

Após reconduzir Paulo Rocha ao cargo de secretário e nomear a enfermeira Laura Sabrina como nova diretora do Hospital...

Secretaria de Saúde de Guadalupe divulga boletim que registra mais 14 novos casos da Covid-19

Boletim divulgado nesta sexta-feira (22), pela Secretaria Municipal de Saúde, mostra que os casos confirmados somam 474, os recuperados...

Posts Recomendados