Criminosos se passam por médicos do Hospital de Campo Maior e dão golpe em pacientes

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Os golpistas entram em contato com pacientes e familiares e solicitam pagamentos de valores indevidos.

Criminosos têm se passado por médicos do Hospital Regional de Campo Maior para aplicar golpes. A unidade de saúde alerta que os golpistas entram em contato com pacientes e familiares via telefone ou whatsapp e solicitam o pagamento de valores indevidos.

“Pedimos a todos que estejam atentos e desconfiem de qualquer solicitação financeira feita em nome do hospital. Caso recebam esse tipo de ligação ou mensagem, não realizem nenhum pagamento e, imediatamente, entrem em contato com a administração do hospital ou com as autoridades competentes para reportar a tentativa de fraude”, alerta o Dr. Anis Ghattás Mitri Filho. presidente da Santa Casa de Chavantes, entidade que administra o Hospital de Campo Maior.

A direção da unidade de saúde reitera que não solicita pagamentos ou informações financeiras por telefone ou mensagens de texto e que todos os serviços oferecidos são gratuitos para a população.

Esse tipo de golpe tem se tornado cada vez mais comum. Recentemente, a família de um paciente internado em um hospital de Teresina denunciou ter sido vítima do “golpe do falso médico”. Eles chegaram a transferir R$ 4 mil para o golpista, que ligou para os familiares solicitando informações e dinheiro para exames. Dias depois, o paciente faleceu. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Como não cair no ‘golpe do falso médico’?
Para evitar cair nesse tipo de golpe, é preciso tomar algumas precauções. Primeiro, verifique sempre a identidade do chamador. Se alguém ligar dizendo ser médico, peça seu nome completo, cargo e departamento. Em seguida, ligue diretamente para o hospital usando um número oficial, disponível no site do hospital ou em documentos de confiança, para confirmar a informação.

Desconfie de qualquer pedido de dinheiro por telefone, pois médicos e hospitais legítimos não fazem esse tipo de solicitação. Qualquer pagamento deve ser feito pessoalmente ou através de métodos seguros e oficiais.

Nunca forneça informações pessoais, bancárias ou de cartão de crédito por telefone, a menos que tenha certeza absoluta da legitimidade do interlocutor. Se suspeitar que recebeu uma ligação de um golpista, entre em contato com a polícia e reporte o incidente, pois eles podem oferecer orientação adicional e ajudar a prevenir que outros sejam vítimas.

Também é importante informar familiares e amigos sobre esse tipo de golpe, especialmente aqueles mais vulneráveis, como idosos. Quanto mais pessoas estiverem cientes, menor a chance de caírem no golpe.

As informações são do Portal O Dia

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Nova Caderneta da Criança atualiza teste para detecção de autismo

A nova edição da Caderneta da Criança – Passaporte da Cidadania fornece um teste para detecção precoce de risco...

Médico do IML de Floriano é investigado pelo Ministério Público

O procedimento preparatório de inquérito civil foi instaurado pela promotora Ana Sobreira Botelho Moreira em 12 de junho deste...

Assembleia pede explicação à UFPI sobre demora para homologar resultado de eleição

Demora do reconhecimento do resultado da eleição para reitor preocupa presidente da Assembleia Legislativa, Franzé Silva. O presidente da Assembleia...

Cigarros eletrônicos ‘Vapes’ provocam seis vezes mais intoxicação por nicotina que o cigarro comum

Atualmente, 3% da população do Brasil utiliza cigarros eletrônicos O cigarro eletrônico, conhecido como vape, provoca até seis vezes mais...
spot_img

Antônio Reis assina ordens de serviço para construção de praça e melhorias no aterro sanitário de Floriano

"Essas obras são de suma importância para a população florianense, que receberá mais um espaço de lazer e convivência",...

Governo Lula não vai apoiar mudanças na lei do aborto, diz ministro Padilha

Em visita a Minas Gerais, o ministro disse que o governo vai trabalhar para que o PL não seja...
spot_img

Posts Recomendados