Falta de médicos e contaminação deixa Picos e Floriano em alerta

-

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Os municípios de Floriano e Picos estão em estado de alerta vermelho nas últimas horas. Duas situações provocaram 100% da ocupação de leitos de UTIs nos municípios, comprometendo o socorro aos pacientes.

Em Picos, um abrigo que atende idoso registrou um elevado índice de contaminação do novo coronavírus que provocou a internação dos idosos, elevando a ocupação dos leitos. Cerca de 10 pacientes que estavam no abrigo estão internados no hospital Justino Luz, que tem 35 leitos clínicos e 20 de UTIs.

Florentino Neto – Foto: Roberta Aline

Em Floriano, que já registrava alto índice de transmissão da Covid-19, o hospital Tibério Nunes está com ocupação de leitos no limite.

O secretário Estadual de Saúde, Florentino Neto, informou que dos 10 idosos internados no hospital de Picos, somente um permanecerá no hospital. Os outros idosos apresentaram melhora da Covid e irão para um local que será definido pela Secretaria de Saúde do Município e pela Fundação Hospitalar do Piauí (Fepiserh).

“Os idosos não podem voltar para o abrigo porque estão na fase de transmissão, mas o deputado Pablo Santos e a Secretaria Municipal de Saúde de Picos articulam uma unidade de igreja católica para receber os idosos”, disse Florentino.

De acordo com Florentino a situação de Floriano gera também cuidados, já que a Sesapi tem 10 leitos de UTIs para funcionar e não encontra profissionais de saúde para contratar.

“Temos a capacidade de aumentar mais leitos clínicos em mais 15 e temos a capacidade de colocar em operação neste momento 10 leitos de UTis e já estão montados com todas as condições de operar, mas faltam profissionais médicos”, afirmou.

O secretário disse ainda que nesta sexta-feira a Sesapi estava voltada para resolver o problema de Floriano.

“Estamos numa força tarefa para resolver o problema. A Sesapi já colocou 10 leitos de UTI exclusivamente para Covid em Floriano e temos mais 10 leitos prontos com a dificuldade, neste momento, de falta médicos, uma dificuldade em todo o País”.

Diante a escassez de profissionais, Florentino lembrou que o governo do estado já pediu ajuda do governo federal para enviar profissionais de outros estados para o Piauí.

Flash Yala Sena
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Após fala de Bolsonaro, Petrobras diz que não há decisão sobre reajuste de combustível

Fato relevante publicado pela estatal vem após o presidente Jair Bolsonaro dizer que a empresa anunciaria uma redução de...

Prefeitura de Floriano ornamenta a cidade para festas de fim de ano

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, deu início à ornamentação de fim de ano em pontos diversos da...

Leilão do 5G vira argumento em compra da Oi por Tim, Claro e Vivo

As três companhias apontam que o leilão do 5G aumentou a concorrência no setor de telefonia com novos entrantes...

Quilombolas alegam que Ciro Nogueira invadiu território de patrimônio cultural

A denuncia veio de uma moradora da região, onde ela diz por vídeo, que o ministro entrou no quilombo...
spot_img

Encanador encontra mais de R$ 3 milhões em parede de igreja de famoso pastor da TV

O montante em dinheiro, que estava guardado em cerca de 500 envelopes, foi encontrado no templo Lakewood Church, que...

Bolsonaro diz que preço dos combustíveis cairá nos próximos dias

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (5) que a Petrobras vai começar a anunciar uma série de reduções...
spot_img

Posts Recomendados