GeralFatia de brasileiros que pretendem se vacinar cresce e...

Fatia de brasileiros que pretendem se vacinar cresce e chega a 84%, diz Datafolha

-

spot_img

Pesquisa foi feita entre os dias 15 e 16 março de 2021, com 2.023 brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” neste domingo (21) mostra que 84% dos brasileiros pretendem se vacinar contra a Covid-19. O percentual cresceu em relação a janeiro, quando era de 79%.

Foto: Daniel Castellano / SMCS

O crescimento, de 5 pontos percentuais, é maior que a margem de erro do levantamento, que é de 2 pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada com 2.023 brasileiros adultos, que possuem telefone celular, em todas as regiões e estados do país, entre os dias 15 e 16 de março.

Veja os números:

  • 84% não se vacinaram e pretendem se imunizar (era 79% em janeiro)
  • 9% não se vacinaram e não pretendem se imunizar (era 17%)
  • 5% já se vacinaram (era 0%)
  • 2% não sabem responder (era 4%)

A intenção de se vacinar é maior entre as mulheres (86%) do que entre os homens (82%).

O levantamento mostra que a intenção de se vacinar cresce de acordo com os níveis de renda e escolaridade. Entre os brasileiros que ganham até 2 salários mínimos, o percentual é de 84%, enquanto entre os que recebem mais de 10 salários, de 88%.

Entre os brasileiros que estudaram até o ensino fundamental, o percentual que pretende se vacinar é de 81%, contra 86% dos que concluíram o ensino superior.

O percentual dos que pretendem se vacinar é maior entre os que avaliam o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como ruim ou péssimo: 89%, ante 84% na média da população. E é menor entre os que avaliam como bom ou ótimo (76%).

O levantamento também questionou os entrevistados se a vacinação contra o coronavírus deveria ser obrigatória ou não. Os percentuais foram:

  • 70% acham que a vacinação deveria ser obrigatória (55% em janeiro)
  • 30% acham que a vacinação não deveria ser obrigatória (44%)

Até sábado (20), 5,54% da população brasileira – ou 11.721.357 de pessoas – havia recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19, segundo o consórcio de veículos de imprensa. A segunda dose foi aplicada em 1,96% (4.140.109 milhões). Os dados são do consórcio de veículos de imprensa.

Até o momento, o país conta apenas com 2 vacinas: a de Oxford e a CoronaVac. Veja, nos vídeos abaixo, detalhes sobre as duas.

Do G1/BEM ESTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeita de Guadalupe emite nota de pesar pelo falecimento do senhor Zezão do Mercado

“Perdi um dos melhores amigos, um grande parceiro desde que cheguei a Guadalupe. Zezão, foi uma pessoa que sempre...

Piauiense que sofre com obesidade mórbida precisa de 80 mil reais para tratamento de saúde

Elundina Santos Brandão, de 43 anos, é natural de Guadalupe – PI e reside em Brasília – DF atualmente...

Qual o melhor intervalo entre as doses da vacina CoronaVac? Entenda

Estudo divulgado mostrou que eficácia da CoronaVac pode aumentar de 50,7% para 62,3% quando o espaçamento entre as doses...

“Não é o momento”, diz senador Marcelo Castro sobre CPI da Pandemia

O senador Marcelo Castro (MDB-PI) se manifestou favorável à instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no...
spot_imgspot_img

Twitter coloca aviso de ‘publicação enganosa’ em post de Eduardo Bolsonaro

O Twitter colocou um aviso de “publicação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais relacionadas à Covid-19” em uma publicação...

Sonia Abrão detona documentário de Karol Conká na Globoplay: “Infeliz”

Sonia Abrão não gostou nem um pouco da ideia da Globo de lançar um documentário sobre a vida de...
spot_img

Posts Recomendados