Guadalupe se destaca entre as cidades do Piauí por apresentar uma das menores taxas de analfabetismo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Por Gleison Fernandes – Jornalismo da UCA.

Guadalupe, 18 de maio de 2024 – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta sexta-feira (17), dados sobre a taxa de analfabetismo em todo o país. No Piauí, mais de 82% da população é alfabetizada, com 2,14 milhões de piauienses de 15 anos ou mais sabendo ler e escrever. Em 2010, a taxa de alfabetização no Piauí era de 77,07%, tendo passado para 82,77% em 2022, um aumento de 7,4% na proporção de pessoas alfabetizadas no estado. A taxa de analfabetismo, que havia sido de 22,93% em 2010, passou para 17,23% em 2022, uma queda de 24,86%.

Entre as cidades do estado, Teresina tem a menor taxa de analfabetismo, registrando apenas 7,2% da população nessa condição. Guadalupe também merece destaque, ocupando a nona posição entre os municípios com menores taxas de analfabetismo, com um índice de 13,44%.

Confira a seguir os municípios do Piauí com as menores taxas de analfabetismo:

  1. Teresina (PI) – 7,12%
  2. Floriano (PI) – 10,20%
  3. Parnaíba (PI) – 11,74%
  4. Bom Jesus (PI) – 11,90%
  5. Curimatá (PI) – 12,59%
  6. Corrente (PI) – 13,28%
  7. Uruçuí (PI) – 13,30%
  8. Júlio Borges (PI) – 13,40%
  9. Guadalupe (PI) – 13,44%
  10. Picos (PI) – 13,71%

“A educação é um dos pontos de destaque da nossa gestão, e estamos comprometidos em continuar avançando nessa área. O trabalho árduo de todos os envolvidos na educação de Guadalupe contribui significativamente para que nosso município seja reconhecido entre as cidades com menores taxas de analfabetismo no Piauí,” afirmou a prefeita Neidinha Lima ao jornalista Gleison Fernandes.

Prefeita Neidinha Lima – Foto: arquivo/Gleison Fernandes/Portal Cidade Luz

Outros dados do levantamento no estado

Por outro lado, entre os dez municípios com as maiores taxas de analfabetismo no Piauí, todos apresentaram indicadores acima de 30%, quase o dobro do índice geral do estado, que foi de 17,23%.

Alguns municípios do Piauí se destacaram por reduzirem significativamente sua população analfabeta entre 2010 e 2022. Acauã, por exemplo, tinha uma taxa de analfabetismo de 30,41% em 2010, que diminuiu para 16,89% em 2022, uma redução de 44,46%. Demerval Lobão e Cajueiro da Praia também se destacam, com reduções expressivas de 42,79% e 41,42%, respectivamente, superando a média estadual de redução de analfabetismo (24,86%).

Cenário brasileiro

No Brasil, de um total de 163 milhões de pessoas com 15 anos ou mais, 151,5 milhões têm habilidade para ler e escrever um bilhete simples, enquanto 11,4 milhões não possuem essa capacidade mínima. Isso resulta em uma taxa de alfabetização de 93% em 2022, com uma taxa de analfabetismo correspondente a 7% da população nessa faixa etária.

De acordo com o IBGE, ao longo dos censos, tem sido observada uma tendência de aumento na taxa de alfabetização das pessoas com 15 anos ou mais. Em 1940, menos da metade da população era alfabetizada, com uma taxa de 44%. Após quatro décadas, em 1980, essa taxa subiu para 74,5%, um aumento de 30,5 pontos percentuais. Finalmente, após mais quatro décadas, o país alcançou a marca de 93% em 2022, representando um aumento de 18,5 pontos percentuais em relação a 1980.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Nova Caderneta da Criança atualiza teste para detecção de autismo

A nova edição da Caderneta da Criança – Passaporte da Cidadania fornece um teste para detecção precoce de risco...

Médico do IML de Floriano é investigado pelo Ministério Público

O procedimento preparatório de inquérito civil foi instaurado pela promotora Ana Sobreira Botelho Moreira em 12 de junho deste...

Assembleia pede explicação à UFPI sobre demora para homologar resultado de eleição

Demora do reconhecimento do resultado da eleição para reitor preocupa presidente da Assembleia Legislativa, Franzé Silva. O presidente da Assembleia...

Cigarros eletrônicos ‘Vapes’ provocam seis vezes mais intoxicação por nicotina que o cigarro comum

Atualmente, 3% da população do Brasil utiliza cigarros eletrônicos O cigarro eletrônico, conhecido como vape, provoca até seis vezes mais...
spot_img

Antônio Reis assina ordens de serviço para construção de praça e melhorias no aterro sanitário de Floriano

"Essas obras são de suma importância para a população florianense, que receberá mais um espaço de lazer e convivência",...

Governo Lula não vai apoiar mudanças na lei do aborto, diz ministro Padilha

Em visita a Minas Gerais, o ministro disse que o governo vai trabalhar para que o PL não seja...
spot_img

Posts Recomendados