Preço do arroz ‘dispara’ no primeiro ano do Governo Lula

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O aumento foi de 17,7% considerando o acumulado de janeiro a novembro, segundo dados do IBGE.

No primeiro ano da volta do presidente Lula ao poder, o preço do arroz, alimento mais básico na mesa dos brasileiros, subiu de forma abrupta. O aumento foi de 17,7% considerando o acumulado de janeiro a novembro.

Preço do arroz ‘dispara’ no primeiro ano do Governo Lula

A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o número aparece na pesquisa para a composição do Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), que monitora o poder de compra das famílias com rendimentos de um a 40 salários-mínimos.

Segundo o IBGE, no mês de novembro, a variação mensal chegou a 3,6%, a maior do ano para um mês.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), 2023 deve fechar com uma colheita de arroz 7% menor, em comparação a 2022.

Exportação

A quantidade de arroz produzida no Brasil é quase a mesma que a consumida pela população do Rio Grande do Sul. Contudo, parte da safra nacional é exportada, obrigando o mercado interno a praticar a importações para contemplar a demanda.

O México é o principal destino das exportações, responsável por 25% das 1,3 bilhão de toneladas embarcadas de janeiro a novembro. Entre os fornecedores externos para o Brasil, o Paraguai se destaca por ser responsável por fazer frente a 66% das compras do país no mercado internacional. Conforme os dados do Governo Federal, cada tonelada arroz importada pelo Brasil em 2023 entrou nos portos nacionais ao preço de US$ 2 mil.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Senado aprova projeto que renova cotas raciais em concursos públicos

Texto precisa ser aprovado pelos deputados federais até junho O Senado aprovou nesta quarta-feira (22) a reserva de vagas em concursos...

STF reconhece assédio judicial a jornalistas e veículos de imprensa

Decisão foi tomada por unanimidade Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu nesta quarta-feira (22) o chamado "assédio judicial"...

Deputada Ana Paula quer explicações sobre fechamento de campus da Uespi

O Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, por unanimidade, o Requerimento 150/24, da deputada Ana Paula (MDB), solicitando...

Concurso da Polícia Militar: Alepi autoriza Governo do Estado a convocar novos candidatos

A proposta determina a contratação de mais policiais e mudanças no Estatuto da PM foram aprovadas em 1ª e...
spot_img

Projeto que prevê castração química para estupradores é aprovado no Senado

O tratamento químico hormonal deve ser voluntário; PL foi aprovado pela CCJ e segue para à Câmara dos Deputados. A...

Novo DPVAT: seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025

Serão garantidos os custos de atendimentos médicos, fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, que não sejam disponibilizados pelo SUS. O pagamento de...
spot_img

Posts Recomendados