Regiões Norte e Nordeste têm maior número de domicílios com insegurança alimentar

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Mais de 60% da população não tem acesso permanente à alimentação adequada nessas regiões, aponta pesquisa do IBGE.

Os moradores das regiões Norte e Nordeste são os mais afetados pela insegurança alimentar no Brasil. É o que indica o recente levantamento do módulo Segurança Alimentar da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados revelam que as regiões Norte aparece com 60,3% e o Nordeste com 61,2%.

Insegurança alimentar no Brasil — Foto: Márcia Foletto/Agência O Globo

Segundo o economista Aurélio Trancoso, é preciso ter uma gestão pública independente — sem levar em consideração a parte política. Na opinião do especialista, o aumento de impostos e a nova carga tributária podem complicar ainda mais esse cenário. 

“As pessoas não conseguem hoje comprar. Nós ficamos mais pobres depois da pandemia, não teve aumento de salário e teve aumento de produtos. E hoje a gente vê que os produtos só estão aumentando e as pessoas estão perdendo o poder de compra.”, lamenta.

O analista da PNAD Contínua André Luiz Martins Costa avalia o resultado da pesquisa:

“São 20,6 milhões de brasileiros em domicílios que tiveram o grau de insegurança alimentar moderada ou grave, que são graus associados a domicílios que passam por uma restrição severa de alimentos em quantidade e variedade”. 

Ao complementar, André Luiz diz que essa insegurança alimentar também é marcada por desigualdades:

“Domicílios no norte e nordeste apresentam um nível de insegurança alimentar maior se comparado com aqueles domicílios das regiões sudeste e sul também são notáveis com relação à comparação de domicílios com segurança alimentar ou com insegurança alimentar”, aponta.

Insegurança alimentar

A insegurança alimentar ocorre quando os moradores do domicílio não têm acesso regular e permanente a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente, conforme o Ministério da Saúde. Ela pode ser classificada da seguinte forma:

  • Insegurança alimentar leve: quando há comprometimento da qualidade da alimentação em detrimento da manutenção da quantidade entendida como adequada;
  • Insegurança alimentar moderada: ocorrem modificações nos padrões usuais da alimentação entre os adultos simultaneamente à restrição na quantidade de alimentos entre os mesmos;
  • Insegurança alimentar grave: são caracterizados pela quebra do padrão usual da alimentação com comprometendo a qualidade e a redução da quantidade de alimentos de todos os membros da família, inclusive das crianças, podendo ainda incluir a experiência de fome.

Os dados da pesquisa revelam que 21,6 milhões de domicílios (27,6%) são afetados por algum grau de insegurança alimentar. A forma mais grave engloba cerca de 3,2 milhões de domicílios (4,1%). 

O levantamento mostra ainda que, enquanto as regiões Norte e Nordeste têm menor possibilidade de ter domicílios em segurança alimentar, a pesquisa revela que o Centro-Oeste com 75,7%, Sudeste 77,0% e Sul 83,4% apontam maiores percentuais.

Fonte: Brasil 61

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

GSI derrubou 13 drones suspeitos em eventos do presidente Lula

O evento que mais teve drones derrubados foi durante a caminhada do Dois de Julho, em Salvador (BA) O Gabinete...

Fuzil AR-15, reação de sniper e mais: veja os detalhes do atentado contra Donald Trump

Trump foi alvo de um atentado durante comício na Pensilvânia, no sábado (13). Atirador foi morto e teve amostras...

Secretaria da Saúde realiza ações em alusão ao Dia do Homem e do Motorista

Na programação constam atividades com ações de saúde, capacitação, distribuição de preservativos e ações educativas. A Secretaria de Estado da...

Inscrição para concurso da Justiça Eleitoral termina na próxima quinta-feira

As inscrições para o concurso unificado da Justiça Eleitoral estão abertas até quinta-feira, 18, às 18h. As inscrições para o...
spot_img

PRF registra aumento de 166% na recuperação de veículos roubados no Piauí

Somente neste ano, 170 veículos roubados, furtados, adulterados ou apropriados indevidamente foram recuperados no Piauí. Nos primeiros 10 dias de...

Piauí tem municípios com alerta de baixa umidade e de vendaval até 16 de julho

Com alerta amarelo estão 143 cidades, onde a previsão é de umidade relativa do ar variando entre 30% e...
spot_img

Posts Recomendados