CidadesRisco de conflito armado por terras no Sul do...

Risco de conflito armado por terras no Sul do Piauí preocupa Aprosoja

-

spot_img

O clima de tensão em Ribeiro Gonçalves acontece após uma decisão judicial ter derrubado a reintegração de posse de uma área a um proprietário que não comprovou ter documento algum da área.

O município de Ribeiro Gonçalves, localizado na região sul do Piauí, está vivendo momentos de medo após escoltas armadas oriundas do Estado de Pernambuco serem vistas rondando o Fórum do município, na noite desta quinta-feira (17).

Alzir Neto, presidente da Aprosoja do Piauí

O clima de tensão na região tem preocupado a Associação de Produtores de Soja do Piauí (APROSOJA) devido a possibilidade de conflito armado depois de uma decisão judicial que derrubou a reintegração de posse de uma área a um proprietário que não comprovou ter documento algum da área.

De acordo com o presidente da Aprosoja Piauí, Alzir Neto, que está acompanhado a situação neste momento na cidade de Baixa Grande, produtores de soja da região acreditam que o caso possa ter ligação com a operação Faroeste deflagrada na Bahia e que o mesmo esquema de grilagem de terras possa estar atuando no Piauí.

“Nós estamos aqui na região, onde uma decisão que ao nosso ver, equivocada, está gerando a maior insegurança jurídica, podendo desvelar um conflito perigoso nunca visto antes. Tivemos a informação de que havia pessoas armadas rondando o fórum de Ribeiro Gonçalves, especuladores, grileiros; esse tipo de gente que temos tentado afastar do estado do Piauí. É uma situação muito delicada. É uma situação que a gente precisa responder com a maior rigorosidade possível, porque não é possível que uma área como essa que tem dois títulos legítimos do governo para o mesmo proprietário, ter essa área reintegrada em uma posse que nunca existiu de um grupo de pessoas que nem sequer tem nenhum documento. É preocupante. Ao que tudo indica, trata-se da mesma gangue da Bahia, da operação Faroeste”, disse. Segundo ele, todas as autoridades do Piauí já foram informadas da iminência de um conflito armado.

Alzir Neto se diz bastante preocupado com o atual cenário, devido aos investimentos feitos na região e o perigo a que as pessoas que ali trabalham e produzem estão submetidas. “É um cenário que afasta o investidor, o produtor e no meio de um plantio, um produtor está passando algo como esse, é complicado. Isso assusta o investidor, em uma área que já foi investida mais de R$ 20 milhões, que hoje conta com 80 colaboradores, famílias que estão nessa área postas a insegurança e risco de vida e morte. Nós alertamos as autoridades e sensibilizamos o governo que tome providências”, reitera.

O posicionamento da Aprosoja é que a situação seja resolvida. “Torcemos que esses equívocos sejam resolvidos e tenham um desfecho para que não culmine em algo mais grave. A Aprosoja se posiciona contra esses criminosos que tem tentado entrar em nosso estado. Acreditamos na justiça e que o governo vai buscar uma alternativa”, finaliza Alzir Neto.

Com informações do Meio Norte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Pelo menos 203 congressistas já foram infectados por covid-19 e 4 morreram

Levantamento identificou que pelo menos 1/3 dos congressistas tiveram covid-19 até agora. São no mínimo 172 dos 513 deputados...

Secretaria de Saúde de Jerumenha alerta população para cuidados extras com o vírus da Covid-19

Os números tem aumentado diariamente e já existe suspeita da variante no município. A Secretária Municipal de Saúde de Jerumenha...

Professor Jones fala da sua gestão à frente da Câmara Municipal de Bertolínia

O vereador estar em seu terceiro mandato, sendo o mais votado na última eleição. Ele denunciou o ex-prefeito Luciano...

Wellington Dias denuncia a ONU falta de sedativos em 11 Estados

O governador do Piauí lidera o Consórcio Nordeste e deu os encaminhamentos na reunião realizada com a Organização das...
spot_imgspot_img

Prefeitura de Guadalupe promove blitz educacional ambiental para conscientização da população

O evento foi organizado pela secretaria municipal de Meio Ambiente, visando mobilizar a sociedade para proteção dos recursos ambientais,...

Alta no preço da carne deve durar até maio, dizem especialistas

País reduziu abate de vacas e aumentou inseminação artificial para acelerar produção de bezerros e atender demanda. A alta no...
spot_img

Posts Recomendados