Sinal Vermelho: vítimas de violência doméstica no Piauí podem pedir ajuda em farmácias

-

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

As mulheres vítimas de violência doméstica agora podem buscar ajuda em farmácias do Piauí. Trata-se da campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica, idealizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), com o objetivo de estimular as denúncias de agressão, que aumentaram durante o isolamento social.

No Piauí, a campanha nacional também conta com o apoio da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi). “Muitas vezes, a mulher que sofre violência tem medo e dificuldade de denunciar, e essa campanha busca romper com o ciclo de silêncio. Assim, as farmácias são grandes parceiras da iniciativa, pois são locais de fácil acesso e acolhedores para mulheres que sofrem violência e querem denunciar os abusos por meio do desenho de um ‘X’ na palma da mão”, frisa o presidente da Amapi, juiz Leonardo Brasileiro.

Foto: TV Globo/ Reprodução

A ideia da campanha Sinal Vermelho é incentivar a vítima a desenhar um “X” na mão e exibi-lo ao atendente ou farmacêutico. A ação permitirá que a ajuda seja feita de maneira silenciosa e discreta pelo profissional da farmácia, que acionará a polícia para atendimento da mulher.

O presidente da Amapi, Leonardo Brasileiro, explica que balconistas e farmacêuticos não serão conduzidos à delegacia e nem, necessariamente, chamados a testemunhar. “O papel do atendente será apenas de comunicar a polícia. Durante a pandemia, mesmo com as medidas de isolamento, as farmácias são locais que continuam a funcionar. Como o isolamento exige um tempo maior de convivência, muitas mulheres acabam tendo uma dificuldade de denunciar o agressor ou de buscar ajuda. Por meio da campanha, queremos estimular que essa mulher se sinta segura para pedir ajuda”, completa Brasileiro.

No Piauí, farmácias das redes Pague Menos, Globo e Drogasil já confirmaram participação na campanha Sinal Vermelho. Nas farmácias Pague Menos de Teresina, por exemplo, já foram colados cartazes para a divulgação da iniciativa.

Para saber mais sobre a campanha Sinal vermelho, basta acessar o site www.amb.com.br/sinalvermelho. No endereço eletrônico está disponibilizada a cartilha de orientação sobre a campanha para as mulheres e farmácias; a relação de farmácias que estão participando da iniciativa; e o termo de adesão à campanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeitura de Floriano ornamenta a cidade para festas de fim de ano

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, deu início à ornamentação de fim de ano em pontos diversos da...

Leilão do 5G vira argumento em compra da Oi por Tim, Claro e Vivo

As três companhias apontam que o leilão do 5G aumentou a concorrência no setor de telefonia com novos entrantes...

Quilombolas alegam que Ciro Nogueira invadiu território de patrimônio cultural

A denuncia veio de uma moradora da região, onde ela diz por vídeo, que o ministro entrou no quilombo...

Encanador encontra mais de R$ 3 milhões em parede de igreja de famoso pastor da TV

O montante em dinheiro, que estava guardado em cerca de 500 envelopes, foi encontrado no templo Lakewood Church, que...
spot_img

Bolsonaro diz que preço dos combustíveis cairá nos próximos dias

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (5) que a Petrobras vai começar a anunciar uma série de reduções...

O Piauí é só orgulho: Godofredo Dnys é medalha de ouro na categoria faixa branca na Copa do Mundo de Jiu-Jitsu

O evento aconteceu neste domingo (05), no GINÁSIO DA CANDANGOLÂNDIA, em Brasília. O atleta piauiense Godofredo Dnys, da cidade de...
spot_img

Posts Recomendados