Trump cita Brasil com grande problema na pandemia

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a defender a estratégia de seu governo para enfrentar a pandemia da covid-19.

Segundo ele, os EUA lideram no número de casos da doença porque testam muito. “O Brasil está enfrentando um grande problema, mas não testa como nós”, comparou. Além disso, Trump voltou a criticar a China por sua suposta responsabilidade na emergência global de saúde, mas disse que a fase 1 do acordo comercial bilateral “está intacta” e que os chineses continuam a comprar produtos americanos.

Foto: Lisandra Paraguassu/Reuters

O presidente americano deu as declarações a repórteres durante evento sobre as forças de segurança, no qual defendeu o trabalho da polícia e acusou a oposição democrata de ser fraca nessa área Sobre a emergência de saúde, Trump mostrou otimismo quanto à possibilidade de que em breve existam vacinas e medicamentos disponíveis contra a covid-19 e voltou a insistir na necessidade de reabrir as escolas.

Ele também voltou a exibir otimismo sobre a recuperação econômica, lembrando que houve recordes históricos recentes do índice acionário Nasdaq. Além disso, aproveitou para criticar seu rival na disputa eleitoral neste ano, o ex-vice-presidente Joe Biden. “Se Biden vencer eleição, nossa economia será destruída”, criticou.

Trump foi ainda questionado sobre Anthony Fauci, diretor do Instituto de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos. Relatos da imprensa americana nos últimos dias têm afirmado que a relação entre os dois é distante e que há pouco contato entre ambos, mesmo diante da gravidade da pandemia nos EUA. O presidente disse que tem “uma ótima relação” com o médico. “Me dou bem com Fauci, gosto dele, pessoalmente”, garantiu.

O presidente americano também falou sobre as pesquisas eleitorais, acusando-as de informarem erradamente sobre a disputa eleitoral à presidência. Trump duvidou de sondagens que o mostram atrás de Biden no Texas, dizendo que ele “salvou” a indústria de energia local alguns meses atrás, por isso seu apoio na região deve ser bem maior do que o mostrado nesses levantamentos.

Por Gabriel Bueno da Costa/Estadão Conteúdo

Leonidas Amorim
Leonidas Amorimhttps://portalcidadeluz.com.br
Acompanhe nossa coluna no Portal Cidade Luz e fique por dentro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Júlio César e Neidinha Lima participam de audiência pública sobre a II Etapa do Projeto de Irrigação Platôs de Guadalupe

O evento foi organizado pelo MIDR, com parceria do DNOCS e o apoio do Governo do Estado do Piauí,...

Georgiano Neto diz que PSD está fazendo o dever de casa por vaga majoritária em 2026

Ele se referiu aos planos do partido que almeja fazer parte do time majoritário de Rafael Fonteles. O deputado estadual...

Guadalupe mantém tradição e realiza Dia do Vaqueiro com cavalgada, missa e homenagens

O evento é um destaque no calendário cultural do município, reforçando a fé e a devoção da comunidade local....

Adriana Sá destaca participação na Caravana Federativa em Teresina e presença do presidente Lula

Por Gleison Fernandes. A advogada Adriana Sá, pré-candidata do PT à prefeitura de Landri Sales, participou ativamente da Caravana Federativa...
spot_img

Quina de São João de R$ 200 milhões será sorteada neste sábado; veja como jogar

Os números serão revelados a partir das 20h. Prêmio é o maior da história do concurso especial e não...

Professores de pelo menos 25 universidades decidiram pelo fim da greve

Interrupção da paralisação não significa o retorno imediato às aulas Professores de pelo menos 25 universidades federais já decidiram pelo...
spot_img

Posts Recomendados