Usuária de drogas procura a polícia para denunciar traficante em Floriano

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A vítima trocou um aparelho celular avaliado em R$ 1.500 por um valor de R$ 40 em pedras de crack.

Uma usuária de drogas procurou a Polícia Civil de Floriano, para recuperar um celular que ela tinha entregado a um suposto traficante da região. De acordo com a polícia, a mulher trocou o aparelho avaliado em R$ 1.500 por um valor de R$ 40 em pedras de crack.

Imagem ilustrativa

A vítima alega que o suspeito não quis devolver o aparelho e por isso ela registrou um boletim de ocorrência. De acordo com delegado regional Bruno Ursulino, a mulher confessou na delegacia que era usuária de drogas e que tinha feito a troca do aparelho por uma porção de crack.

Polícia encontrou drogas na casa do suspeito em Floriano

“A usuária penhorou o bem dela e trocou por pedras de crack. Quando ela chegou na boca de fumo para pegar as porções, o suspeito não quis devolver o aparelho avaliado em R$ 1.500. Diante disso ela procurou a delegacia, registrou um B.O e falou que na casa dele funcionava uma boca de fumo”, relatou o delegado Bruno Ursulino em entrevista à TV
Clube.

Ao chegar na casa do suspeito, a polícia conseguiu localizar de imediato o aparelho da usuária de drogas e depois eles perceberam um comportamento suspeito da mãe do rapaz.

Delegado Bruno Ursulino em entrevista ao Bom dia Piauí

“Ele foi colocado na viatura e depois começamos a fazer uma busca no quintal, quando percebemos um comportamento agitado da mãe do rapaz e que estava realmente batendo muito forte para o funcionamento de uma boca de fumo. Quando começamos a cavar um buraco em um bananal encontramos uma quantidade de crack”, explicou o delegado.

De acordo com o delegado, a mãe do suspeito também recebeu ordem de prisão por ser proprietária da residência e ter conhecimento que no local funcionava uma boca de fumo. Um amigo do lho dela também estava no local, mas ele relatou que era usuário de maconha.

“Não tem como eles alegarem que são usuários de crack porque no local não encontramos nenhum cachimbo”, disse o delegado Bruno Ursullino.

Em depoimento à polícia, o suspeito confessou que estava preso regime semiaberto há quatro meses atrás na Penitenciária de Vereda Grande por tráfico de drogas. Ainda segundo o delegado, a mãe do rapaz também já havia sido presa pelo mesmo crime.

Com informações do PortalAz

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Presidente Lula propõe governança global para inteligência artificial

Presidente brasileiro participou da Cúpula do G7, na Itália. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva propôs, nesta sexta-feira (14),...

Prefeito de Marcos Parente visita comunidade Cocal e acompanha serviços de saúde e limpeza pública

Descentralização dos serviços. Na manhã desta sexta-feira, 14 de junho, o prefeito de Marcos Parente, Gedison Alves, visitou a comunidade...

Prefeitura de Floriano realiza II Fórum Comunitário do Selo UNICEF

“É preciso que haja a participação social de todos, garantindo o envolvimento dos Conselhos Municipais de Direitos da Criança...

Cidades piauienses estão em alerta de perigo potencial para baixa umidade do ar

A umidade relativa do ar chegará a níveis de potencial perigo em 25 cidades piauienses, segundo aponta o alerta...
spot_img

“Sou pré-candidato a vereador, para seguir trabalhando por Guadalupe”, disse Dr. Dílson Barbosa ao Portal Cidade Luz

O Presidente da Câmara de Guadalupe reafirmou seu apoio ao grupo liderado pela prefeita Neidinha Lima e à chapa...

Piauí recebe representantes de 11 estados para apresentar projeto de recuperação de celulares

Nos cinco primeiros meses de 2024, houve uma redução de 42% de roubo de celulares no estado, em comparação...
spot_img

Posts Recomendados