DestaquesBiden convida Bolsonaro e outros 39 líderes mundiais para...

Biden convida Bolsonaro e outros 39 líderes mundiais para fórum sobre clima

-

spot_img

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, convidou o presidente Jair Bolsonaro e outras 39 autoridades mundiais para um fórum virtual sobre o clima nos dias 22 e 23 de abril. A “Cúpula dos Líderes sobre o Clima” será virtual e transmitida ao vivo.

O objetivo do encontro será abordar a urgência e os benefícios econômicos de ações ambientais mais significativas, informou a Casa Branca em sua página na internet. Segundo o governo norte-americano o evento será também uma preparação para a COP26 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima) marcada para novembro em Glasgow, na Escócia.

Joe Biden

A sede do governo dos EUA informou ainda que anunciará durante o evento virtual as metas de emissões do país para 2030 em linha com o Acordo de Paris, tratado ambiental ao qual o país voltou a ser signatário depois da assunção de Joe Biden. O democrata sugere que os demais líderes usem o evento “como uma oportunidade para delinear como seus países também contribuirão para uma ambição climática mais forte”.

ASSUNTOS A SEREM DISCUTIDOS

Eis os principais temas do encontro:

redução de emissões de gases estufa: unir esforços das principais economias do mundo para diminuí-las nesta década de crise e manter o teto de aquecimento de 1,5ºC;

financiar a emissão zero: mobilizar os setores público e privado para financiarem a transição para emissão líquida zero e ajudar países mais vulneráveis ​​a impactos climáticos a lidar com eles;

benefícios econômicos: discutir os benefícios financeiros da ação climática, com ênfase na criação de empregos, e a importância de garantir que todas as comunidades e trabalhadores se beneficiem da transição para uma nova economia de energia limpa;

inovação tecnológica: estimular tecnologias de transformação que podem ajudar a reduzir emissões e a adaptação às mudanças climáticas e, simultaneamente criar novas oportunidades econômicas e indústrias do futuro;

terceiro setor e entes subnacionais: apresentar atores subnacionais e não estatais comprometidos com a recuperação ambiental e uma visão equitativa para limitar o aquecimento a 1,5ºC, e que estão trabalhando em colaboração com os governos nacionais;

vida e subsistência: discutir meios para fortalecer a capacidade de proteger vidas e meios de subsistência dos impactos da mudança climática, abordar os desafios de segurança global colocados pela alteração ambiental e o papel das soluções baseadas na natureza para atingir as metas de emissões líquidas zero até 2050.

Lista dos convidados:

  • África do Sul: presidente Matamela Cyril Ramaphosa;
  • Alemanha: chanceler Angela Merkel;
  • Antígua e Barbuda: primeiro-ministro Gaston Browne;
  • Arábia Saudita: rei Salman bin Abdulaziz Al Saud;
  • Argentina: presidente Alberto Fernández;
  • Austrália: primeiro-ministro Scott Morrison;
  • Bangladesh: primeira-Ministra Sheikh Hasina;
  • Brasil: presidente Jair Bolsonaro;
  • Butão: primeiro-ministro Lotay Tshering;
  • Canadá: primeiro-ministro Justin Trudeau;
  • Chile: presidente Sebastián Piñera;
  • China: presidente Xi Jinping;
  • Cingapura: primeiro-ministro Lee Hsien Loong;
  • Comissão Europeia: presidente Ursula von der Leyen;
  • Conselho Europeu: presidente Charles Michel;
  • Colômbia: presidente Iván Duque;
  • Coreia do Sul: presidente Moon Jae-in;
  • Dinamarca: primeira-ministra Mette Frederiksen;
  • Emirados Árabes Unidos: presidente Sheikh Khalifa bin Zayed Al Nahyan;
  • Espanha: primeiro-ministro Pedro Sánchez;
  • França: presidente Emmanuel Macron;
  • Gabão: presidente Ali Bongo Ondimba;
  • Índia: primeiro-ministro Narendra Modi;
  • Indonésia: presidente Joko Widodo;
  • Israel: primeiro-ministro Benjamin Netanyahu;
  • Itália: primeiro-ministro Mario Draghi;
  • Jamaica: primeiro-ministro Andrew Holness;
  • Japão: primeiro-ministro Yoshihide Suga;
  • México: presidente Andrés Manuel López Obrador;
  • Nigéria: presidente Muhammadu Buhari;
  • Noruega: primeira-Ministra Erna Solberg;
  • Nova Zelândia: primeira-ministra Jacinda Ardern;
  • Polônia: presidente Andrzej Duda;
  • Quênia: presidente Uhuru Kenyatta;
  • Reino Unido: primeiro-ministro Boris Johnson;
  • República das Ilhas Marshall: presidente David Kabua;
  • República Democrática do Congo: presidente Félix Tshisekedi;
  • Rússia: presidente Vladimir Putin;
  • Turquia: presidente Recep Tayyip Erdoğan;
  • Vietnã: presidente Nguyễn Phú Trọng.

Com informações do Poder 360

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Alta no preço da carne deve durar até maio, dizem especialistas

País reduziu abate de vacas e aumentou inseminação artificial para acelerar produção de bezerros e atender demanda. A alta no...

Três razões para que a banana seja a sua melhor aliada na perda de peso

Sim, bananas podem ser muito úteis. Algumas pessoas temem que frutas com elevado teor de açúcar e carboidratos, como a...

Caixa antecipa saque da 1ª parcela do auxílio emergencial; veja novo calendário

O anúncio foi feito na quinta-feira (15) pelo presidente da Instituição, Pedro Guimarães. A Caixa decidiu antecipar o saque da...

‘Só Deus me tira da cadeira presidencial’, diz Bolsonaro sobre impeachment

Em live, presidente também comentou decisão do Supremo Tribunal Federal que torna ex-presidente Lula elegível para 2022. O presidente Jair...
spot_imgspot_img

W. Dias diz que STF fez justiça e democracia em ação sobre Lula

O Supremo Tribunal Federal decidiu anular as condenações do ex-presidente em relação ao caso tríplex. Diante da anulação das...

Um Piauí sem estradas para o desenvolvimento

O Anel da Soja é o trecho por onde se escoa boa parte das riquezas produzidas através da agricultura...
spot_img

Posts Recomendados