Lula diz que ‘é grave’ barrar candidatura de oposição a Maduro na Venezuela

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O presidente afirmou, ainda, que o Brasil acompanhará o processo eleitoral venezuelano de perto.

Na quarta-feira (27), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declarou que vê com gravidade a situação eleitoral na Venezuela, prometendo um acompanhamento minucioso por parte do Brasil. Esta afirmação segue a linha da nota emitida pelo Itamaraty na última terça-feira (26), indicando uma alteração na postura brasileira em relação ao regime de Nicolás Maduro. O anúncio de Lula ocorre em um momento de tensão, após a coalizão opositora PUD denunciar que foi impedida de registrar sua candidata para as próximas eleições presidenciais venezuelanas, marcadas para 28 de julho.

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Segundo a oposição venezuelana, problemas técnicos e burocráticos foram colocados como barreiras para a inscrição de Corina Yoris, indicada por María Corina Machado, liderança expressiva da oposição. De forma surpreendente, Manuel Rosales, um ex-rival de Hugo Chávez, conseguiu registrar sua candidatura para confrontar Maduro. Diante desses acontecimentos, o presidente brasileiro expressou surpresa e preocupação, tendo solicitado diretamente a Maduro garantias para um processo eleitoral democrático e justo.

A situação é considerada por Lula como um grave impedimento à democracia, destacando que proibições a candidaturas sem fundamentos jurídicos ou políticos são inaceitáveis. “Aqui, é proibido proibir a não ser que tenha posição judicial”, afirmou Lula, evidenciando uma crítica direta à obstrução enfrentada pela oposição venezuelana. A posição do Brasil, segundo ele, é de assegurar que as eleições na Venezuela ocorram de maneira transparente e aberta, assim como são conduzidas no Brasil.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil já se manifestou sobre o incidente, apontando para uma incompatibilidade com os acordos firmados em Barbados, que preveem um processo eleitoral inclusivo e transparente. A resposta do governo enezuelano não tardou, classificando a nota do Itamaraty como intervencionista e alinhada aos interesses dos Estados Unidos, aumentando ainda mais as tensões entre os dois países.

VISITA DE MACRON: Esse debate ocorreu em um contexto diplomático ampliado pela visita do presidente francês Emmanuel Macron ao Brasil. Durante o encontro em Brasília, Macron expressou apoio às posições de Lula em relação à Venezuela, além de discutir temas como o acordo Mercosul-União Europeia e os conflitos globais atuais. A visita, que começou em Belém e incluiu encontros com lideranças indígenas, reforça a importância das relações bilaterais na busca por soluções conjuntas para crises regionais e globais.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Novos pontos de descanso em rodoviárias federais para motorista estão previstas em 2025

A portaria que cria a política pública foi publicado no diário oficial na sexta (19). Novos pontos de descanso para...

Pré-candidata a prefeita de Landri Sales destaca origem política e projetos em entrevista exclusiva à Rádio Cidade Luz

Adriana Sá destacou sua origem política, projetos para Landri Sales e comentou sobre o rompimento do atual prefeito com...

Mussoline Guedes destaca pioneirismo do Piauí no uso de IA em encontro de secretários de comunicação

O coordenador participou do 4º Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação, em Belém do Pará. O coordenador de Comunicação...

Rafael Fonteles anuncia parceria com a Meta para capacitar jovens em tecnologia e marketing digital

Assinatura do termo de cooperação entre a Meta, Seduc e IFPI, vai ocorreu no dia 25 de abril, durante...
spot_img

Governador entrega mais de 100 km de rodovias recuperadas e autoriza obras em São Lourenço do Piauí

Rafael Fonteles autorizou obras nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, mobilidade e abastecimento de água. Cumprindo agenda no interior do...

Bolsa Família reduz desigualdades no Brasil, aponta PNAD Contínua do IBGE

Proporção de domicílios com pelo menos um beneficiário do programa chegou ao maior patamar da série histórica, com 19% Pesquisa...
spot_img

Posts Recomendados