Megaleilão de petróleo: governo vai fazer repasses para estados e municípios

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A arrecadação do leilão do excedente da cessão onerosa será dividida com estados e municípios. Além da parte do Rio, estados e municípios irão dividir R$ 21,85 bilhões. Todas essas transferências serão feitas ainda neste ano.

O governo decidiu parcelar o pagamento da arrecadação com o mega leilão de petróleo marcado para novembro. Resolução publicada em edição extra do Diário Oficial da União, na tarde desta sexta-feira, estabelece que R$ 70,77 bilhões serão pagos neste ano. Outros R$ 35,79 bilhões serão recebidos em 2020.

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A arrecadação do leilão do excedente da cessão onerosa será dividida com estados e municípios. Parte desse valor também vai para a Petrobras. A transferência para a estatal e para os governos regionais será toda feita neste ano, segundo uma fonte. Com isso, todo o valor arrecadado no próximo ano cará para o governo federal.

Em nota, o Ministério de Minas e Energia informou que a medida foi tomada para incentivar o aumento da atratividade do leilão previsto para o dia 6 de novembro.

“O parcelamento do bônus de assinatura deve proporcionar ganhos de liquidez no mercado, ampliando o espectro de negociação das empresas junto às instituições financeiras, sem reduzir o valor auferido pelo poder público”, considerou o ministério, em nota.

Nesta semana, o Senado aprovou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permite a divisão dos valores para estados e municípios e também autoriza o pagamento à Petrobras. O texto definiu também um critério mais vantajoso para o Rio de Janeiro, que receberá no total R$ 2,5 bilhões. O leilão irá ofertar blocos de exploração de petróleo na costa fluminense.

A previsão é de uma arrecadação total de R$ 106,5 bilhões. Desse valor, R$ 33,69 bilhões ficarão com a Petrobras por conta da renegociação de um contrato que permitiu a exploração de blocos de Petróleo, chamado de cessão onerosa. Além da parte do Rio, estados e municípios irão dividir R$ 21,85 bilhões. Todas essas transferências serão feitas ainda neste ano, segundo fontes.

Com informações do Extra

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeitura de Floriano e Sebrae iniciam a 2ª etapa de capacitação dos permissionários do Mercado Público Central

A capacitação está sendo realizada de acordo com as áreas de vendas no mercado. A Prefeitura de Floriano, por...

Polícia Federal prende deputado estadual do PL no Espírito Santo

Capitão Assunção foi um dos líderes da greve dos PMs em seu estado em 2017 A Polícia Federal (PF) prendeu,...

Transferências via DOC e TEC deixarão de existir a partir desta quinta-feira (29)

Modalidades de transferências perderam popularidade após implementação do PIX A transferência bancária DOC (Documento de Ordem de Crédito) deixará de...

Pastor Silas Malafaia na mira da PF: origem do dinheiro que financiou ato de Bolsonaro será investigada

Avaliação de fonte ligada à CBN é de que Bolsonaro, para evitar ser preso em ato na Avenida Paulista,...
spot_img

Após sofrer ameaças de morte, Guilherme Boulos troca Celta por carro blindado

Um dos autores das ameaças faz parte das forças de segurança estaduais O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de...

Prefeito Júnior Nato visita escolas que foram reformadas na zona rural de Jerumenha

As escolas Pedro Damas de Sousa, em Artur Passos, e Petrônio Portella, na localidade de Extrema, foram beneficiadas com...
spot_img

Posts Recomendados