MP denuncia advogado Marcus Nogueira por homicídio qualificado em acidente

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Na denúncia constam os crimes de homicídio e tentativa de homicídio, ambos qualificados, e o de tentativa de evasão do local do acidente.

O advogado Marcus Vinicius Nogueira, envolvido em um acidente de trânsito que matou uma pessoa e deixou outras três feridas em dezembro de 2021, foi denunciado pelo Ministério Público do Piauí na última terça-feira (10).

Na denúncia os promotores Márcio Giorgi Carcará Rocha, Silas Sereno Lopes e João Malato Neto, que constituem a comissão responsável pela elaboração da peça, defendem o julgamento do réu perante o Tribunal do Júri. Na avaliação deles, o advogado agiu com dolo eventual ao assumir o risco de causar a morte de pessoas.

“Consideradas as particularidades do evento em análise, especialmente a manifesta alcoolemia acentuada do acusado, associada à condução de veículo em alta velocidade e a desobediência à sinalização semafórica, têm-se, de maneira indubitável, a configuração de uma ação dolosa”, diz a denúncia.

O acidente aconteceu na noite do dia 02 de dezembro do ano passado. Segundo a denúncia, Marcos Vinicius estava em seu carro quando avançou o sinal vermelho no cruzamento das avenidas Avenidas Higino Cunha e Odilon Araújo, no bairro Piçarra, zona Sul de Teresina, e colidiu em um outro veículo com três ocupantes, uma delas um bebê de apenas dois meses de idade na ocasião.

Além da morte do condutor do segundo veículo, o senhor Raimundo Nonato da Silva Oliveira, 53 anos, a colisão deixou gravemente ferida sua filha, Aline Alves, e sua neta, a bebê Laura Sofia, que passou quase um mês internada em uma UTI do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

O advogado chegou a ser preso em flagrante, mas foi liberado no dia seguinte após pagar uma fiança de R$ 15 mil. A Justiça determinou uso de tornozeleira eletrônica e o cumprimento de medidas cautelares

Na noite de 13 de dezembro, a perícia do Instituto de Criminalística realizou a reconstituição do acidente. Participaram dos trabalhos equipes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Polícia Civil.

De acordo com as apurações do Ministério Público, Marcus Vinicius foi o responsável pela colisão. Em imagens das câmeras de segurança de um estabelecimento comercial, o advogado aparece ingerindo bebida alcoólica momentos antes do acidente.

Ele também teria desconsiderado apelos de amigos e assumido a direção de seu veículo, conduzindo-o em velocidade elevada. Após desobedecer à sinalização semafórica no cruzamento das vias, atingindo o outro carro e causando a morte de uma pessoa e ferindo outras duas.

Ainda de acordo com as evidências reunidas durante a investigação, o réu teria deixado de prestar socorro às vítimas e tentou empreender fuga do local, mas foi contido por populares. Com a chegada da Polícia Militar, o acusado se recusou a fazer o teste de alcoolemia (bafômetro), mesmo apresentando sinais de embriaguez.

Para os promotores, os crimes de homicídio e tentativa de homicídio foram qualificados pelo uso de recurso que tornou impossível a defesa das vítimas e pelo perigo comum provocado, já que o denunciado colocou em risco direto as vidas de todas as pessoas que transitavam pelas proximidades. Os representantes do Ministério Público indicam também o emprego de meio cruel, pois o réu teria agido com “padrões de brutalidade acima do comum, aumentando desnecessariamente o já intenso sofrimento das vítimas sobreviventes”.

Além do recebimento da denúncia, o Ministério Público requer ao Poder Judiciário a fixação de indenizações no montante de R$ 726 mil, a título de reparação mínima, em favor das vítimas sobreviventes, quando da eventual sentença condenatória.

Ao receber a denúncia, o Judiciário deverá citar o réu para que responda à acusação no prazo de 10 dias.

Aguarde mais informações…

Com informações do Ministério Público

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Promotor investiga patrocínio de R$ 8 milhões que ex-governador Wellington Dias liberou dos cofres públicos ao filme Mandu Ladino

O ex-governador Wellington Dias concedeu a liberação do orçamento em despacho no dia 16 de outubro de 2021. O promotor...

No Piauí, escolas estaduais voltam às aulas hoje e grevistas podem ter ponto cortado

Apesar do decreto, expedido na última quinta-feira, os professores prometem continuar mobilizados. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte)...

Vídeo: mulher é agredida durante show de Gusttavo Lima em Brasília

Imagens mostram vítima no chão sendo agredida por outras duas mulheres durante evento no Mané Garrincha nesse sábado (21). Em...

Juiz determina citação para que empresa de Rafael Fonteles pague dívida superior a R$ 3 milhões de contribuições previdenciárias

R$ 3,048 milhões foram atualizados em 2021. A União Federal ingressou com uma ação judicial contra o Grupo Educacional CEV,...
spot_img

Ciro Nogueira direcionou emenda para comprar caminhão de lixo de amiga que frequenta seu gabinete

A cidade Brasileira no Piauí, com 8 mil habitantes recebeu veículo compactador comprado com emenda do chefe da Casa...

De responsabilidade do Governo do Estado, rodovia PI-231 está esburacada e motorista faz tapa-buraco manual

Insatisfeito, um motorista do município resolveu tapar os buracos manualmente utilizando uma pá. A insatisfação com a situação é...
spot_img

Posts Recomendados