Promotor investiga patrocínio de R$ 8 milhões que ex-governador Wellington Dias liberou dos cofres públicos ao filme Mandu Ladino

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O ex-governador Wellington Dias concedeu a liberação do orçamento em despacho no dia 16 de outubro de 2021.

O promotor de Justiça, Francisco de Jesus Lima, informou ao site Viagora que irá instaurar procedimento administrativo com o objetivo de investigar o patrocínio de R$ 8.275.650,00 (oito milhões, duzentos e setenta e cinco mil, seiscentos e cinquenta reais) da Secretaria de Estado da Cultura do Piauí (Secult), ao longa metragem ‘Drama Mandu Ladino’.

Ex-governador Wellington Dias – Foto: Lucas Dias

O filme será gravado em locais pelo Piauí, com base de produção instalada na capital do Estado, Teresina, com destaque também as locações na região do Parque Nacional das Sete Cidades e o Delta do Parnaíba.

O ex-governador Wellington Dias concedeu a liberação do orçamento em despacho no dia 16 de outubro de 2021. O pagamento será realizado com uma primeira entrada no valor de R$ 1,5 milhão e o restante, R$ 6,7 milhões, dividido em oito parcelas.

O representante do Ministério Público do Piauí (MPPI), explicou que o procedimento é necessário para apurar a necessidade do valor aplicado utilizado na produção do filme e os interessados no processo serão notificados sobre o procedimento.

Promotor Francisco Jesus Lima

“São valores elevadíssimos nós precisamos saber o porquê de um valor tão elevado, precisamos saber mais detalhes, abriremos sim o procedimento e serão notificados os interessados para justificarem todo esse processo, inclusive porque a escolha dessa produtora”, explica o promotor.

Ainda sobre o assunto, o promotor afirma: “No primeiro vamos instaurar o procedimento administrativo que poderá ser transformado em uma notícia de fato e posteriormente inquérito civil e até ação civil pública, então inicialmente o procedimento administrativo será instaurado”, pontua Francisco de Jesus.

Outro lado

Procurado pela reportagem a Secult através da assessoria de comunicação emitiu nota sobre o assunto:

“A Secult até o presente momento não foi notificada e vai aguardar. Informamos também que estamos disponíveis para dar qualquer esclarecimento, após a notificação oficial”.

As informações são do Viagora

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

TRE inicia escolha de mesários para atuar na eleição de outubro

A Justiça Eleitoral iniciou nesta terça-feira (05) o processo de escolha dos mesários que vão atuar na eleição de...

Casal é preso pela segunda vez suspeito de fazer distribuição de drogas em Floriano

Segundo investigação da Polícia Civil, os suspeitos traziam drogas de fora da cidade e distribuíam para outros traficantes dentro...

WhatsApp vai permitir que usuário oculte que está online, diz site

O WhatsApp deve lançar em breve a opção que permite aos usuários esconder que estão online em seu status...

UFPI anuncia corte de R$ 7,7 milhões e diz que manutenção do custeio se agrava

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) anunciou, nesta segunda-feira (04), que sofreu um corte em seu orçamento que chega...
spot_img

SBT demite Léo Lins após piadas sobre crianças com hidrocefalia e Teleton

No último final de semana, viralizou um vídeo em que Lins debocha de uma criança com hidrocefalia. O humorista Leo...

Entra em vigor lei que cria o Dia Nacional da Natação

A Lei que institui o Dia Nacional da Natação para ser comemorado dia 2 de agosto foi sancionada pelo...
spot_img

Posts Recomendados