Quem mudou de lado será julgado pela população, diz Ciro Nogueira sobre ex-aliados

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Eleições 2024.

Em entrevista ao Jornal do Piauí nesta quinta-feira (22), o senador Ciro Nogueira (PP) criticou a adesão de ex-aliados a pré-candidatura de Fábio Novo (PT). Além do deputados Marden Menezes e Bárbara Soares, que trocaram de grupo mesmo ainda filiados ao PP, o parlamentar lamentou a aliança de Luciano Nunes (PSDB) com os petistas para a eleição na capital.

“Essas pessoas que mudaram de lado e que, me desculpe o Luciano, um grande amigo que eu tenho, jogaram foram também tudo que fizeram no passado, como aconteceu com a Bárbara, Marden que tomou uma decisão errada. Quem vai julgar isso é a população, quando eles disputarem mandato ou se vão disputar mandatos”, declarou o líder partidário.

Ciro Nogueira

Apesar das inúmeras baixas em seu grupo político, Ciro Nogueira mantém otimismo em relação à pré-candidatura de Silvio Mendes (União Brasil). “A grande força dele não é articulação, esse diálogo que tem com conchavo político. A força dele é a população, a confiança que a população tem nele, como um grande gestor, principalmente nesse momento de desastre administrativo da cidade”, disse.

Para o senador, a ampla aliança do PT com antigos adversários pode até mesmo fortalecer Silvio Mendes para a disputa ao Palácio da Cidade. “Não tenho dúvidas […] eleição se ganha com o povo, não é com apoio de conchavo e blocões. A população nem gosta desse tipo de situação. Quero ver como vai ficar o retrato na campanha dessas pessoas e como elas vão se explicar”, ressaltou.

No Senado

Além das movimentações políticas em Teresina, Ciro Nogueira falou sobre a aprovação do projeto de lei que restringe a liberação de presos em feriados e datas comemorativas apenas para estudos. O senador entende que o benefício, apesar de positivo, tem contribuído para o aumento dos índices de criminalidade registrado pelo país ao longo dos últimos anos.

“A saidinha, na essência, é uma coisa positiva. Você tentar integrar os presos novamente a sociedade e ao convívio familiar, mas, na prática, tem causado a volta de criminosos ruas, pessoas que vão cometer crimes e alguns desses nos chocaram. Hoje o grande problema do Brasil, no meu ponto de vista, é a questão da violência e da segurança, principalmente pela inércia desse atual governo”, pontuou.

Por fim, o piauiense afirmou que a medida é uma resposta a “falta de punibilidade no nosso país” e “a sensação de insegurança” da população que deve ser sancionada após aprovação na Câmara Federal. “É um direito do presidente vetar, ele foi eleito para isso e é um direito que ele tem, mas será mais uma demonstração que ele não quer combater crime no nosso país, que ele quer proteger bandido”, concluiu.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Novos pontos de descanso em rodoviárias federais para motorista estão previstas em 2025

A portaria que cria a política pública foi publicado no diário oficial na sexta (19). Novos pontos de descanso para...

Pré-candidata a prefeita de Landri Sales destaca origem política e projetos em entrevista exclusiva à Rádio Cidade Luz

Adriana Sá destacou sua origem política, projetos para Landri Sales e comentou sobre o rompimento do atual prefeito com...

Mussoline Guedes destaca pioneirismo do Piauí no uso de IA em encontro de secretários de comunicação

O coordenador participou do 4º Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação, em Belém do Pará. O coordenador de Comunicação...

Rafael Fonteles anuncia parceria com a Meta para capacitar jovens em tecnologia e marketing digital

Assinatura do termo de cooperação entre a Meta, Seduc e IFPI, vai ocorreu no dia 25 de abril, durante...
spot_img

Governador entrega mais de 100 km de rodovias recuperadas e autoriza obras em São Lourenço do Piauí

Rafael Fonteles autorizou obras nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, mobilidade e abastecimento de água. Cumprindo agenda no interior do...

Bolsa Família reduz desigualdades no Brasil, aponta PNAD Contínua do IBGE

Proporção de domicílios com pelo menos um beneficiário do programa chegou ao maior patamar da série histórica, com 19% Pesquisa...
spot_img

Posts Recomendados