Restaurantes no Piauí deverão fornecer remédios a clientes alérgicos a frutos do mar

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Lei foi sancionada pelo governador Rafael Fonteles e lista três medicamentos que devem ser fornecidos gratuitamente aos clientes.

A partir de agora, os restaurantes e demais estabelecimentos de gastronomia no Piauí são obrigados a disponibilizar kits de primeiros socorros em casos de alergia a alimentos que contenham frutos do mar e derivados. É isso o que consta na lei 22.679, sancionada pelo governador Rafael Fonteles e publicada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial do Estado. Além de determinar a obrigatoriedade de fornecer primeiros socorros em casos de alergias, a nova legislação trata ainda do manual para o manejo de anafilaxia.

O Piauí já tinha uma lei anterior que tratava da questão dos primeiros-socorros a clientes com alergias em estabelecimentos gastronômicos no Estado. Trata-se da Lei Estadual nº 8.111, de 2023, que estabelecia prazo para que a Secretaria de Estado da Saúde relacionasse os medicamentos que devem compor o kit de primeiros socorros para casos de alergia e elaborar um manual de instruções básicas contendo os principais sintomas preliminares de primeiros socorros.

Com a nova lei sancionada pelo governador, o fornecimento desse kit de primeiros socorros passa a ser obrigatório a todos os restaurantes no Piauí assim como a disponibilização dos medicamentos listados.

Incluem-se na lei os seguintes estabelecimentos gastronômicos: restaurantes, padarias, hotéis, pizzarias, fast-foods, bares e congêneres que comercializem alimentos que contenham frutos do mar e derivados. Eles deverão manter e disponibilizar aos seus consumidores os kits de medicamentos para casos de alergia alimentar destinados ao atendimento pré-hospitalar.

Esse kit de primeiros socorros devem ficar em local de fácil visualização bem como as informações sobre os principais sintomas da alergia alimentar e da existência do kit para acesso a quem precisar. Confira abaixo os medicamentos que os resutantes devem disponibilizar aos clientes:

  • Cloridrato de hidroxizina
  • Cloridrato de fexofenadina
  • Desloratadina

A lei prevê ainda que, além dos medicamentos, os restaurantes devem fornecer de forma clara as informações de telefone e endereço de órgãos estaduais responsáveis pela vigilância sanitário e pela defesa do consumidor. As caixas de medicamentos devem ser acompanhadas de suas respectivas bulas contendo informações sobre suas datas de fabricação e validade. O fornecimento da medicação básica deverá ser gratuito.

Os medicamentos que compõem o kit de primeiros socorros deverão ser providenciados pelos próprios estabelecimentos, devendo ser de responsabilidade do cliente a definição de qual medicação usar e sua posologia. Isso deve ser feito conforme instruções médicas que o cliente, porventura, já possua.

A lei deixa claro que em caso de ocorrência grave que exija tratamento continuado do paciente, todas as providências posteriores ao atendimentos de primeiros socorros deverão ser de inteira responsabilidade do próprio paciente e/ou seus acompanhantes.

Em casos de estabelecimentos comerciais que operem na forma de delivery, eles devem informar nas embalagens de entrega a existência de frutos do mar e derivados que por acaso fizerem parte da composição do alimento.

Os estabelecimentos gastronômicos terão um prazo de 60 dias para se adequarem à nova lei a partir da data de sua publicação.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

EUA aprovam nova terapia contra câncer; Tratamento pode levar 8 semanas

A nova terapia contra o melanoma utiliza as células do próprio paciente para combater o câncer Viva a ciência! O...

Daniel Alves pode ser expulso para cumprir pena no Brasil; e ainda deixar a prisão em maio

Advogados espanhóis avisam. Pela condenação de estupro ser menor do que cinco anos, Daniel Alves pode ser expulso da...

Bolsonaro não responde à Polícia Federal em depoimento sobre golpe de Estado

Ex-presidente ficou em silêncio O ex-presidente Jair Bolsonaro não respondeu aos questionamentos da Polícia Federal (PF), nesta quinta-feira (22), no...

Presidente da Câmara de Guadalupe anuncia início do ano legislativo com mensagem da prefeita Neidinha Lima e sessão ordinária no dia 26

O presidente da Câmara, vereador Dr. Dílson Barbosa Gomes, informou ao Portal Cidade Luz que as sessões legislativas terão...
spot_img

Brasil avança na meta para creches, com 4,1 milhões de matrículas

Dados apontam ainda para universalização da pré-escola no país O Brasil tem boas chances de atingir metas previstas pelo Plano...

Prefeito Gedison Alves vistoria ruas que receberão pavimentação em Marcos Parente

O prefeito enfatizou a importância de estar presente no local para avaliar de perto as condições e necessidades das...
spot_img

Posts Recomendados