Sesapi monitora novos casos suspeitos de sarampo no Piauí

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A secretaria está fazendo um bloqueio para evitar a propagação da doença. As cidades que apresentaram casos suspeitos de sarampo foram: Parnaíba, Picos, Luiz Correia, Teresina, Campo Grande, Floriano e Demerval Lobão.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) está monitorando mais quatro novos casos suspeitos de sarampo no Piauí. No total, já são 12 casos suspeitos de sarampo no estado. Um caso importado da doença já foi confirmado em um bebê piauiense de um ano de idade, que viajou para São Paulo, região sudeste do país, e retornou ao estado com sintomas da doença.

Para evitar a proliferação da doença, a Sesapi está realizando bloqueios nos locais em que as pessoas, suspeitas de ter o vírus, estiveram. “Estamos monitorando todos os lugares em que essas pessoas passaram e imunizando a população que entrou em contato com os mesmos, assim evitando a propagação da doença”, afirmou a coordenadora de Epidemiologia da Sesapi, Amélia Costa.

As cidades que apresentaram casos suspeitos de sarampo foram: Parnaíba, Picos, Luiz Correia, Teresina, Campo Grande, Floriano e Demerval Lobão.

Para que a doença não se propague, a Secretaria faz um apelo à população, para que procure o posto de saúde mais perto de casa e tome a vacina. “A recomendação é que crianças a partir de 6 meses a 11 meses e 29 dias, tomem a vacina. A indicação é fazer a administração da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) para esse público. No caso dos bebês, a dose da vacina administrada nestes casos não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança”, lembra Amélia Costa.

Pessoas com até 29 anos podem tomar a versão tríplice viral (que protege ainda contra caxumba e rubéola) nos postos da rede pública de saúde de todo o país em duas doses, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

Dos 30 aos 49 anos, ela é aplicada em uma dose, exceto para profissionais de saúde, que devem receber as picadas duas vezes.

Transmissão

O sarampo é uma doença que passa com facilidade de uma pessoa para outra por meio da fala, tosse e espirro.

Prevenção

A vacina é a única forma de prevenção da doença e está disponível na vacinação de rotina nas unidades de saúde.

Sintomas

Os principais sintomas do sarampo são mal-estar geral, febre, tosse e coriza. A doença também provoca conjuntivite e se caracteriza por apresentar manchas vermelhas que aparecem no rosto e se espalham por todo o corpo.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Mecânico preso por roubo a joalheria alega inocência e diz que estava em competição de ciclismo no dia do crime

O irmão do jovem contou que o sentimento da família com a prisão foi de injustiça. Aplicativo de monitoramento...

Jerumenha fortalece programa social do SCFV, que chega ao povoado Barra do Lance com atividades para idosos

O grupo denominado Renascer da Melhor Idade conta com a participação de 25 integrantes, aos quais serão oferecidas atividades...

Nova fase da Lesa Pátria identifica envolvidos em atos de 8 de janeiro

Estão sendo cumpridos 34 mandados judiciais em 7 estados e no DF A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (29)...

Marido e esposa formam chapa para disputar a prefeitura de Canto do Buriti

Em um movimento político inusitado, o ex-prefeito Marquinhos Chaves, do município de Canto do Buriti, na região Sul do...
spot_img

Justiça do Piauí conclui separação de casal em 16 minutos; entenda o processo

O magistrado da Comarca destacou que o feito recorde se deu devido à integração entre os sistemas da Justiça...

Prefeitura de Floriano e Sebrae iniciam a 2ª etapa de capacitação dos permissionários do Mercado Público Central

A capacitação está sendo realizada de acordo com as áreas de vendas no mercado. A Prefeitura de Floriano, por...
spot_img

Posts Recomendados