G13 Sonda Perseverance pousa em Marte para buscar sinais de...

Sonda Perseverance pousa em Marte para buscar sinais de vida

-

A sonda Perseverance, da Nasa, pousou em Marte na tarde desta quinta-feira (18), sete meses depois de partir da Terra.

O momento da aterrissagem é a parte mais crítica da missão. Ao se aproximar do planeta, o robô perde contato com os controladores da Terra, que chamam o momento de “sete minutos de terror”. As manobras do pouso são delicadas e um movimento em falso pode comprometer a integridade do equipamento ou o local previsto de chegada.

Ainda não há tecnologia para assistir a aterrissagem ao vivo, mas a agência espacial americana transmitiu uma narração e imagens da sala de controle no site e nas redes sociais.

Os gerentes da missão no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, perto de Los Angeles, explodiram em aplausos e vivas quando os sinais de rádio confirmaram que o robô de seis rodas havia sobrevivido à perigosa queda e chegado à sua zona-alvo.

“É realmente o começo de uma nova era”, disse o administrador associado da Nasa para a ciência, Thomas Zurbuchen, no início do dia durante o webcast da Nasa sobre o evento.

https://www.youtube.com/watch?v=65yk9rP4Y3I

Esta é a primeira missão da Nasa que vai procurar sinais de vida antiga em outro planeta, para ajudar a responder à questão: já houve vida em Marte? O robô explorará a cratera de Jezero, local onde um lago existiu há 3,9 bilhões de anos, além de procurar por microfósseis nas rochas e solos.

Os cientistas esperam encontrar bioassinaturas embutidas em amostras de sedimentos antigos que o Perseverance foi projetado para extrair da rocha marciana para análises futuras na Terra – os primeiros espécimes desse tipo coletados pela humanidade em outro planeta.

A sonda foi lançada do Cabo Canaveral, na Flórida, no fim de julho de 2020. Durante esses sete meses, a Perseverance viajou por 470 milhões de quilômetros.

A missão faz parte de um projeto que custou US$ 2,7 bilhões e é planejado há 20 anos. O rover pesa cerca de uma tonelada e tem mais de dois metros de altura.

O Perseverance é o quinto jipe autônomo que os norte-americanos enviam para o planeta vermelho desde 1997. Essa missão, no entanto, é diferente: esse veículo é muito mais sofisticado em relação aos anteriores, e leva um drone que fará imagens aéreas do planeta. 

O mais impressionante, no entanto, só chegará em 2026, quando outro veículo que ainda chegará a Marte irá recolher amostras do solo e lançá-las para a órbita do planeta. A terceira etapa dessa complexa campanha é a captura dessa sonda no espaço para trazer o material coletado para a Terra.

(*Com informações de Marcelo Favalli, da CNN em São Paulo, de Ashley Strickland, da CNN Internacional, e da Reuters)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

No Piauí é decreto por cima de decreto, hospital de campanha desativado e os hospitais regionais superlotados com poucos leitos de UTI

No fechamento do Hospital de Campanha em Teresina, houve até peça publicitária veiculada nos mais diversos meios de comunicação,...

Pix passa a ser usado para pagar impostos estaduais e municipais

Segundo o Banco do Brasil, os governos do Acre, do Piauí e de São Paulo iniciaram a integração à...

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha

Segundo a Petrobras, seus preços são baseados no valor do produto no mercado internacional e na taxa de câmbio. A...

Marina Silva se vê longe da disputa em 2022 e sugere frente pró-Ciro Gomes

Depois de receber 1% dos votos em 2018 na sua terceira tentativa de chegar à Presidência da República, a...

Carreta com bois tomba e vários animais morrem na BR-316 no Piauí

A carga saiu de Gonçalves Dias no Maranhão e tinha como destino a cidade de João Pessoa, capital do...

Ocupação de leitos de UTI chega a 94%, maior da pandemia em Teresina

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) atingiu 94% em Teresina, um recorde em toda a...

Posts Recomendados