Teresina é escolhida entre as cidades-sede para encontro internacional do G20

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Teresina, está entre as 13 cidades do país que foram escolhidas para sediar grupos de trabalho do G20 no próximo ano.

O G20 reúne os países com as maiores economias do mundo. Os estados-membros se encontram anualmente para discutir iniciativas econômicas, políticas e sociais. A cúpula dos chefes de Estado e de Governo será em novembro de 2024, no Rio de Janeiro.

Em setembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu das mãos do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, o martelo que simboliza o comando do G20. O presidente Lula anunciou três prioridades gerais: combate à fome, pobreza e desigualdade; as três dimensões do desenvolvimento sustentável (econômica, social e ambiental); e reforma da governança internacional.

O Brasil sedia o próximo evento, e foram anunciadas as 13 cidades-sede que irão receber as reuniões dos grupos de trabalho do G20, são elas: Brasília (DF), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Foz de Iguaçu (PR), Maceió (AL), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI).

As primeiras reuniões estão programadas para dezembro, em Brasília, no Palácio do Itamaraty. Entre os dias 11 e 15 ocorrem os encontros das Trilhas de Sherpas — que supervisiona as negociações e discute os pontos que formam a agenda da cúpula, e de Finanças — que trata de assuntos macroeconômicos. 

No dia 13, pela primeira vez na história, as Trilhas de Sherpas e de Finanças estarão em uma reunião conjunta no início dos trabalhos do G20, e não no fim, como acontecia em cúpulas anteriores. A integração entre as esferas políticas e financeiras será um desafio central durante esses encontros. 

Descentralização das discussões

Para esta nova edição em 2024, a descentralização das atividades é uma inovação desta edição. A realização das reuniões nas cidades-sede espalhadas pelas cinco regiões é uma estratégia para fomentar o turismo e o intercâmbio cultural e fortalecer relações bilaterais entre as cidades e as nações participantes. 

As cidades-sedes vão receber representantes das maiores economias do mundo, que irão discutir vários temas. As datas do encontro em Teresina, e nas demais cidades, ainda serão divulgadas.

Reuniões ministeriais

Nos dias 21 e 22 de fevereiro de 2024 será realizada a primeira reunião ministerial da Trilha de Sherpas, no Rio de Janeiro. O encontro presencial estará sob a coordenação do ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira. 

Ainda em fevereiro, nos dias 28 e 29, é a vez de São Paulo sediar a reunião ministerial da Trilha de Finanças. Também de forma presencial, o evento terá a coordenação do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Neste evento, a capital paulista vai receber ministros de finanças e presidentes de bancos centrais das maiores economias do mundo.

Os eventos programados incentivam a participação de líderes e populações locais, empresas e organizações, e representam um passo significativo na descentralização da diplomacia global e contribuem para soluções mais equitativas e sustentáveis sobre uma base de diversidade e entendimento mútuo. O G20 no Brasil em 2024 não é apenas um evento, mas uma oportunidade de redefinir as relações internacionais em um contexto mais inclusivo e participativo.

G20

O Grupo dos Vinte (G20) é composto por 19 países (Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, República da Coreia, México, Rússia, Arábia Saudita, África do Sul, Türkiye, Reino Unido e Estados Unidos) e dois organismos regionais: a União Europeia e a União Africana.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

SEINFRA realiza obras de tapa-buracos no Planalto Sambaíba e desobstrução em ruas de Floriano

A Prefeitura de Floriano, através da Secretaria de Infraestrutura, deu início a mais duas obras de reparo com o...

Ex-secretário de Administração do governo Dr. Pessoa terá que devolver R$ 10 milhões aos cofres públicos

A Segunda Câmara Virtual do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) acatou, por unanimidade, o teor de representação...

TRE do Paraná marca para 1º de abril julgamento que pode cassar Sérgio Moro

Anteriormente, o tribunal havia anunciado que a posse do novo desembargador José Rodrigo Sade ocorrerá em 6 de março. O...

Quem mudou de lado será julgado pela população, diz Ciro Nogueira sobre ex-aliados

Eleições 2024. Em entrevista ao Jornal do Piauí nesta quinta-feira (22), o senador Ciro Nogueira (PP) criticou a adesão de...
spot_img

Marcelo Castro diz que reeleição foi um ‘equívoco’ e defende mandato de 5 anos para o Executivo

Segundo o parlamentar, a expectativa é apresentar ao colégio de líderes as principais mudanças sugeridas ao projeto original da...

Câmara de Jerumenha faz abertura do ano legislativo com aprovação de projetos

Na abertura do ano legislativo, foram aprovados projetos importantes: reajuste salarial para servidores proposto pelo executivo, isenção de taxas...
spot_img

Posts Recomendados