Cidades Comitê internacional fará pente-fino em vacina de Oxford, após...

Comitê internacional fará pente-fino em vacina de Oxford, após suspensão

-

O Brasil foi informado pela empresa AstraZeneca da suspensão da fase três dos estudos com a vacina de Oxford no início da noite desta terça-feira (8).

O comunicado aos centros de estudos brasileiros ocorreu logo depois que uma voluntária do Reino Unido apresentou uma reação adversa grave ao participar do teste. Os 5 mil voluntários testados no Brasil estão nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Imagem – Reprodução

Especialistas em vacina com os quais a CNN conversou disseram que, a partir de agora, será preciso esperar o posicionamento oficial do Comitê Internacional de Pesquisadores, que fará uma inspeção na vacina de Oxford. O órgão dará o parecer final sobre a continuidade ou não dos estudos em todo o mundo.

O comitê vai avaliar a relação da reação com a vacina e se a voluntária tem algum histórico que justificasse a resistência ao imunizante. Não há, no entanto, um prazo estabelecido para que o comitê finalize a avaliação. 

De acordo com técnicos que acompanham os experimentos no Brasil, o comitê é formado por até 10 pesquisadores internacionais que não estão envolvidos com a produção do imunizante. Ou seja, atuam de maneira independente. Eles têm os nomes preservados para que se mantenha isenção e independência no processo de avaliação.  

Em nota, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirmou que a decisão de interromper os estudos foi do laboratório, que comunicou os países participantes. O órgão também informou que vai aguardar o envio de mais informações para se pronunciar sobre os estudos no país.

A Fiocruz, apontada como uma possível produtora da vacina no Brasil, também se manifestou por meio de nota. Disse ter sido foi informada pela AstraZeneca sobre a suspensão dos testes clínicos em fase 3 e que vai acompanhar os resultados das investigações sobre possível associação de efeito registrado com a vacina para se pronunciar oficialmente. 

O Ministério da Saúde disse em nota que a pausa no estudo significa que não haverá inclusão, neste momento, de novos participantes. Entretanto, aqueles já incluídos seguem em acompanhamento para avaliação da segurança e eficácia.

Kenzô Machida, da CNN, em Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeita e secretária de educação de Guadalupe apresentam os novos dirigentes das escolas municipais

A prefeita Neidinha Lima e a secretária Lorena Rocha Antunes apresentaram oficialmente a nova equipe de diretoras e coordenadoras...

Prefeita Neidinha visita Rua Furtuoso José e conversa com moradores após via ganhar pavimentação asfáltica

A via que foi asfaltada recentemente dá acesso ao Hospital Pedrina Silveira e liga o Centro da cidade ao...

Inter massacra São Paulo com futebol de campeão e vira líder do Brasileirão

Após goleada por 5 a 1 em pleno Morumbi, Colorado fica dois pontos à frente do agora segundo colocado. Morumbi,...

Alemanha detecta mais 30 casos de peste suína africana em javalis selvagens

A doença não afeta humanos, mas é fatal para porcos. Mais 30 casos de peste suína africana (PSA) foram detectados...

As séries de super-heróis mais esperadas de 2021

Ação e poder na TV. Se depender das plataformas de streaming, 2021 será um ano cheio de ação e poder!...

Democrata Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

Joe Biden foi empossado nesta quarta-feira (20) como o 46º presidente dos Estados Unidos, assumindo um país profundamente dividido...

Posts Recomendados