Cidades Bolsonaro demite Marcelo Álvaro Antônio do Ministério do Turismo

Bolsonaro demite Marcelo Álvaro Antônio do Ministério do Turismo

-

Marcelo deixou o comando do Ministério do Turismo nesta quarta-feira, 09/12/2020. É o 12º ministro demitido do governo Bolsonaro.

Álvaro esteve no Palácio do Planalto no início da tarde. Deixou a sede do governo perto das 14h30. Ele é filiado ao PSL e foi o deputado mais votado no Estado de Minas Gerais nas eleições de 2018, com 230.008 votos. Está no governo desde o início como ministro do Turismo.

Bolsonaro e Marcelo Álvaro Antônio – Foto:PR

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre a saída. A demissão, no entanto, foi confirmada pelo Poder360.

Pouco antes das 15h, Gilson Machado, presidente da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo) chegou ao Planalto. Ele é um dos cotados para a vaga.

Próximo ao presidente, ele é presença frequente nas lives semanais de Bolsonaro. Perguntado por jornalistas se poderia ser chamado para o posto de ministro, Machado respondeu: “Nunca se sabe, nunca se sabe”.

TROCAS E DEMISSÕES EM 2020

Com a saída de Marcelo, Bolsonaro termina o ano com a troca de 9 ministros. Ao todo, são 12 desde o início do governo. Gustavo Canuto foi o 1º desfalque do alto escalão do governo em 2020. Saiu em 6 de fevereiro para assumir o Dataprev. Osmar Terra caiu em 13 de fevereiro e foi substituído por Onyx Lorenzoni, que deixou a Casa Civil.

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta também foi demitido, em 16 de abril, durante a pandemia do novo coronavírus. O substituto, Nelson Teich, pediu demissão em 15 de maio, menos de 1 mês depois. Sérgio Moro anunciou que deixaria o governo em 24 de abril.

No Ministério da Educação, o governo oficializou a demissão de Abraham Weintraub em 20 de junho. Ele ocupa hoje a diretoria-executiva do Banco Mundial. Carlos Decotelli, escolhido para comandar a pasta, foi desligado em 1º de julho, antes mesmo de tomar posse. Universidades negaram que ele tivesse os títulos acadêmicos que declarou.

Braga Netto foi 1 dos admitidos de 2020. Chefia a Casa Civil desde 14 de fevereiro. O ex-AGU André Mendonça foi substituído por José Levi e ocupa a vaga de Moro desde 28 de abril. Fábio Faria tomou posse do Ministério das Comunicações, que foi desmembrado do antigo MCTIC, em 17 de junho.

Quem comanda a Educação desde 10 de julho é o pastor Milton Ribeiro. Eduardo Pazuello chefiou interinamente a pasta da Saúde por 4 meses e foi efetivado ministro em 16 de setembro.

Com informações do Poder 360

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Papa Francisco dedica oração aos afetados pela covid-19 em Manaus

Manaus vive novo colapso do sistema de saúde pelo menos desde o dia 14 de janeiro, quando o estoque...

Parceria da Prefeitura de Guadalupe, Emater e Sindicato Rural fará entrega de sementes de milho e feijão para agricultores familiares

"Ao todo, 100 famílias serão beneficiadas com as sementes para o plantio" disse João Ricardo. Com relação a entrega,...

‘Voltaremos de um jeito ou de outro’, diz Trump em discurso de despedida

“Digo adeus. Amamos vocês. Voltaremos de um jeito ou de outro”, afirmou Donald Trump. O presidente dos Estados Unidos, Donald...

Pessoas vacinadas contra covid-19 serão monitoradas nos municípios do Piauí

Segundo o governador Wellington Dias, o observatório vai funcionar de forma semelhante ao Programa Monitora Covid. O governo do Piauí...

Médico João Luís da Rocha e enfermeira Selma Brito são os primeiros a serem vacinados em Guadalupe

Os dois profissionais de saúde foram escolhidos, pois além de estarem atuando na linha de frente no combate a...

Dificuldade de acesso agrava crise sanitária em Manaus, diz prefeito

“A punição foi tão grande que pagamos com mortes”, acrescentou Davi Almeida. O prefeito de Manaus, Davi Almeida, disse hoje...

Posts Recomendados