Destaques Bolsonaro é escolhido pessoa corrupta do ano por consórcio...

Bolsonaro é escolhido pessoa corrupta do ano por consórcio internacional de jornalistas

-

Já foram escolhidos em edições anteriores os presidentes da Rússia, Vladimir Putin; do Azerbaijão, Ilham Aliyev; e das Filipinas, Rodrigo Duterte.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi escolhido a pessoa do ano na categoria crime organizado e corrupção da OCCRP (Organized Crime and Corruption Reporting Project’s), consórcio internacional de jornalistas investigativos e centros de mídia independentes.

A organização aponta que o presidente do Brasil é “cercado por figuras corruptas, usa propaganda para promover sua agenda populista, minou o Sistema de Justiça e trava uma guerra destrutiva contra a região da Amazônia que enriqueceu alguns dos piores proprietários de terra do país”.

O consórcio também destacou as relações da família Bolsonaro, lembrando que os filhos Carlos, vereador, e Flávio, senador, são investigados pela suposta prática de “rachadinha”.

Flávio Bolsonaro também é lembrado por ter contratado parentes de milicianos envolvidos no assassinado da vereadora Marielle Franco.

“A família de Bolsonaro e seu círculo íntimo parecem estar envolvidos em uma conspiração criminosa em andamento e têm sido regularmente acusados de roubar do povo” afirmou Drew Sullivan, editor do OCCRP.

Bolsonaro foi escolhido por um júri de jornalistas investigativos, acadêmicos e ativistas superando por pouco os presidentes dos EUA, Donald Trump, apontado como responsável pelo retrocesso de ações contra a corrupção no país ao favorecer líderes e bilionários envolvidos em crimes, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, que tem minado instituições democráticas turcas.

Outro finalista foi o bilionário ucraniano Ihor Kolomoisky, que, segundo o consórcio, emprestou US$ 5 bilhões de um banco controlado por ele e desapareceu com o dinheiro em paraísos fiscais, gerando perdas de 40% nos depósitos privados do país.

Já foram escolhidos em edições anteriores os presidentes da Rússia, Vladimir Putin; do Azerbaijão, Ilham Aliyev; e das Filipinas, Rodrigo Duterte.

POR FOLHAPRESS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Mercado teme que Bolsonaro adote populismo econômico de olho em Lula em 2022

Economistas acreditam que dualidade entre direita e esquerda reduz chance de agenda reformista. A possibilidade de uma disputa entre o...

Ciro Nogueira afirma que Wellington Dias finge sobre busca por vacinas

O senador também lamentou que idosos sejam submetidos a filas gigantescas no Piauí. O senador Ciro Nogueira (Progressistas) usou as...

Compra de mansão de R$ 6 mi por Flávio tem perguntas sem respostas

O negócio foi concretizado às vésperas de Flávio ser beneficiado por uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça)...

Em meio a piora da pandemia, Santa Catarina flexibiliza medidas de restrição

390 pessoas esperam por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar o novo coronavírus no estado. Em meio...

NASA quer recuperar amostras de Marte

A NASA e a Agência Espacial Europeia recrutaram a ajuda de uma empresa para ajudar nessa missão. É com o...

Papa diz que violência em nome de Deus é a “maior blasfêmia”

Em visita à cidade de Najav, no Iraque, o Papa Francisco disse que a violência em nome de Deus...

Posts Recomendados