Carro-Pipa é a principal fonte de abastecimento de água para 102 mil piauienses

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Mesmo que o uso do carro-pipa não seja indicado, essa é a principal fonte de abastecimento para muitos nordestinos.

O carro-pipa é a principal fonte de abastecimento de água para 101.793 piauienses, o equivalente a 3,12% da população do estado. As informações fazem parte do Censo Demográfico 2022 e foram publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta sexta-feira (23).

O Piauí é o quinto estado do Brasil com maior índice de dependência do carro-pipa, mesmo que esse tipo de abastecimento seja considerado inadequado pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab).

Entre os 10 municípios brasileiros com a maior proporção de dependêcia desse tipo de abastecimento, 3 são do Piauí: Marcolândia, com 91,30% da população; Betânia do Piauí, com 85,17%; e Caldeirão Grande do Piauí, com 76,81%.

Outro ponto levantado pela pesquisa é a proporção da população que se abastece principlamente com a água da chuva. No Piauí, em 2022, cerca de 1,54% da população do estado, o equivalente a
50.144 pessoas, dependia desse tipo de armazenamento para a sobrevivência. No Brasil, esse indicador chegava a 0,6% da população do país. Dentre as unidades da federação, o Piauí detinha o sexto maior indicador, ficando atrás da Paraíba (4,32%), Alagoas (2,86%), Pernambuco (2,27%), Bahia (2,25%), e Amazonas (1,85%).

Operação carro-pipa

A operação carro-pipa distribui água potável por meio de carro-pipa para a população mais vulnerável situada nas regiões afetadas pela estiagem ou seca. A ação é executada pelo Governo Federal através do exército brasileiro em parceria com os municípios.

O problema da seca é tão grave no estado que Rafael Fonteles decretou, na semana passada, situação de emergência em 40 municípios do Sul do Piauí. O decreto destaca a estiagem nos Territórios Serra da Capivara, Vale do Canindé, Vale do Sambito, Vale do Rio Guaribas e Vales dos Rios Piauí e Itaueira, conforme informações da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), provenientes das estações de acompanhamento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e Agência Nacional de Águas (ANA).

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Novos pontos de descanso em rodoviárias federais para motorista estão previstas em 2025

A portaria que cria a política pública foi publicado no diário oficial na sexta (19). Novos pontos de descanso para...

Pré-candidata a prefeita de Landri Sales destaca origem política e projetos em entrevista exclusiva à Rádio Cidade Luz

Adriana Sá destacou sua origem política, projetos para Landri Sales e comentou sobre o rompimento do atual prefeito com...

Mussoline Guedes destaca pioneirismo do Piauí no uso de IA em encontro de secretários de comunicação

O coordenador participou do 4º Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação, em Belém do Pará. O coordenador de Comunicação...

Rafael Fonteles anuncia parceria com a Meta para capacitar jovens em tecnologia e marketing digital

Assinatura do termo de cooperação entre a Meta, Seduc e IFPI, vai ocorreu no dia 25 de abril, durante...
spot_img

Governador entrega mais de 100 km de rodovias recuperadas e autoriza obras em São Lourenço do Piauí

Rafael Fonteles autorizou obras nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, mobilidade e abastecimento de água. Cumprindo agenda no interior do...

Bolsa Família reduz desigualdades no Brasil, aponta PNAD Contínua do IBGE

Proporção de domicílios com pelo menos um beneficiário do programa chegou ao maior patamar da série histórica, com 19% Pesquisa...
spot_img

Posts Recomendados