Governo Lula: contas têm rombo recorde de R$ 58,4 bilhões

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Os números referentes ao mês de fevereiro foram divulgados nesta terça-feira (26) pelo Tesouro Nacional.

O Governo Lula (PT) apresentou déficit recorde de R$ 58,44 bilhões nas contas públicas, em fevereiro de 2024. Os números foram divulgados nesta terça-feira (26) pelo Tesouro Nacional.

O resultado apresentado representa uma alta de 37,7% na comparação com o mesmo período em 2023, quando o saldo negativo foi de R$ 40,6 bilhões.

Governo Lula: contas têm rombo recorde de R$ 58,4 bilhões

A receita total atingiu R$ 189,35 bilhões em fevereiro, indicando um crescimento real de R$ 28,95 bilhões (18%) ante o mesmo período em 2023. A receita líquida somou R$ 132,49 bilhões, e cresceu R$ 25,1 bilhões (23,4%) em termos reais.

Segundo o Tesouro Nacional, a variação se dá pelos seguintes fatores: o Imposto de Renda, que teve aumento de R$ 8,7 bilhões, Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), que registrou alta de R$ 5,8 bilhões; PIS (Programa de Integração Social)/Pasep (Programa de Formação do Servidor do Patrimônio Público), com alta de R$ 2 bilhões; dividendos e participações, que teve queda de R$ 3,7 bilhões; e demais receitas, com alta de R$ 4,3 bilhões.

Despesas públicas

As despesas do governo somaram R$ 190,94 bilhões, representando crescimento de R$ 41,1 bilhões (27,4%), que se concentraram, principalmente, em sentenças judiciais e precatórios (alta de R$ 29,4 bilhões); benefícios previdenciários (aumento de R$ 3,7 bilhões); gastos obrigatórios com controle de fluxo (aumento de R$ 2,1 bilhões); e despesas discricionárias (aumento de R$ 3,7 bilhões).

Acumulado

Levando em consideração o acumulado dos meses de janeiro e fevereiro, há um superavit de R$ 20,94 bilhões, número menor que o saldo positivo de R$ 28,29 bilhões, registrado no mesmo período em 2023. Descontada a inflação, o superavit é de R$ 20,6 bilhões em janeiro e fevereiro de 2024, que fica aquém dos R$ 40,71 bilhões alcançados nos dois primeiros meses de 2023.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Senado aprova projeto que renova cotas raciais em concursos públicos

Texto precisa ser aprovado pelos deputados federais até junho O Senado aprovou nesta quarta-feira (22) a reserva de vagas em concursos...

STF reconhece assédio judicial a jornalistas e veículos de imprensa

Decisão foi tomada por unanimidade Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu nesta quarta-feira (22) o chamado "assédio judicial"...

Deputada Ana Paula quer explicações sobre fechamento de campus da Uespi

O Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, por unanimidade, o Requerimento 150/24, da deputada Ana Paula (MDB), solicitando...

Concurso da Polícia Militar: Alepi autoriza Governo do Estado a convocar novos candidatos

A proposta determina a contratação de mais policiais e mudanças no Estatuto da PM foram aprovadas em 1ª e...
spot_img

Projeto que prevê castração química para estupradores é aprovado no Senado

O tratamento químico hormonal deve ser voluntário; PL foi aprovado pela CCJ e segue para à Câmara dos Deputados. A...

Novo DPVAT: seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025

Serão garantidos os custos de atendimentos médicos, fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, que não sejam disponibilizados pelo SUS. O pagamento de...
spot_img

Posts Recomendados