Justiça confirma direito ao saque do FGTS para pais de Autistas de Nível 3 em todo o Brasil

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Com essa decisão, a permissão para o resgate dos valores do FGTS por trabalhadores responsáveis por indivíduos com autismo de nível 3 torna-se definitiva e extensiva a todo o território nacional.

A Justiça ratificou uma Ação Civil Pública (ACP) conduzida pela Defensoria Pública da União (DPU), garantindo o direito aos pais de pessoas autistas de nível 3 de suporte para sacarem o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, responsável pelos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, rejeitou os recursos da Caixa Econômica Federal, consolidando a sentença em favor dos requerentes.

Com essa decisão, a permissão para o resgate dos valores do FGTS por trabalhadores responsáveis por indivíduos com autismo de nível 3 torna-se definitiva e extensiva a todo o território nacional.

Em caso de não cumprimento por parte da Caixa, os afetados são orientados a buscar assistência judicial através de advogados ou da Defensoria Pública da União.

Divulgação

Contexto e Importância da Decisão

A ação coletiva movida pela DPU teve início em maio de 2022, motivada pela busca de familiares de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) pelo acesso aos recursos do FGTS, conforme previsto pelo artigo 20 da Lei nº 8.036/1990, que autoriza saques em situações de condições graves.

A decisão favorável à DPU em primeira instância, concedida em outubro do mesmo ano pelo juiz federal Fabio Tenenblat, destacou que a autorização se limita aos casos de autismo de nível 3, ressaltando que outros casos menos graves poderiam ser contemplados através de ações judiciais individuais.

A iniciativa coletiva da DPU teve como propósito agilizar os procedimentos legais, evitando a apresentação de novas demandas individuais com a mesma pretensão, além de facilitar o acesso à justiça para pessoas em situação de vulnerabilidade, conforme atribuições institucionais da Defensoria Pública.

O autismo é uma condição reconhecida pela Lei nº 12.764/2012, que estabelece a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Estima-se que cerca de 2 milhões de brasileiros sejam afetados pelo transtorno atualmente.

Leonidas Amorim
Leonidas Amorimhttps://portalcidadeluz.com.br
Acompanhe nossa coluna no Portal Cidade Luz e fique por dentro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeitura de Floriano e Sebrae iniciam a 2ª etapa de capacitação dos permissionários do Mercado Público Central

A capacitação está sendo realizada de acordo com as áreas de vendas no mercado. A Prefeitura de Floriano, por...

Polícia Federal prende deputado estadual do PL no Espírito Santo

Capitão Assunção foi um dos líderes da greve dos PMs em seu estado em 2017 A Polícia Federal (PF) prendeu,...

Transferências via DOC e TEC deixarão de existir a partir desta quinta-feira (29)

Modalidades de transferências perderam popularidade após implementação do PIX A transferência bancária DOC (Documento de Ordem de Crédito) deixará de...

Pastor Silas Malafaia na mira da PF: origem do dinheiro que financiou ato de Bolsonaro será investigada

Avaliação de fonte ligada à CBN é de que Bolsonaro, para evitar ser preso em ato na Avenida Paulista,...
spot_img

Após sofrer ameaças de morte, Guilherme Boulos troca Celta por carro blindado

Um dos autores das ameaças faz parte das forças de segurança estaduais O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de...

Prefeito Júnior Nato visita escolas que foram reformadas na zona rural de Jerumenha

As escolas Pedro Damas de Sousa, em Artur Passos, e Petrônio Portella, na localidade de Extrema, foram beneficiadas com...
spot_img

Posts Recomendados