Novos pontos de descanso em rodoviárias federais para motorista estão previstas em 2025

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

A portaria que cria a política pública foi publicado no diário oficial na sexta (19).

Novos pontos de descanso para motorista em rodoviárias federais estão previsto no ano de 2025. A portaria, que visa a implementação da Lei do Motorista (nº 13.103/2015), foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (19) e as mudanças começam a vigorar em 2 de maio de 2024.

O Ministério dos Transportes garante que, além das condições adequadas de repouso para os profissionais, a medida busca ampliar a segurança e reduzir o número de acidentes nas rodovias federais. A Política Nacional de implantação de Pontos de Parada e Descanso (PPD) prevê que as instalações com infraestrutura para atender motoristas em viagem serão obrigatórias nos contratos e projetos de concessão das rodovias.

Até o ano de 2023, segundo a Confederação Nacional do Transporte, existiam 155 paradas em funcionamento nas rodovias federais, sendo 108 em estradas administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e apenas 47 naquelas concedidas à iniciativa privada.

Pelas regras, todo contrato de concessão de rodovia sob gestão da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deverá garantir a operação de, pelo menos, um ponto de parada e descanso funcionando no próximo ano. O serviço já deverá constar em novos projetos de concessão, com início do funcionamento até o terceiro ano de atuação da concessionária.

Para as estradas geridas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), foi determinado um estudo para identificar pontos que necessitem receber o serviço, com prioridade para os corredores logísticos, onde o tráfico de veículos comerciais é maior.

Os locais devem apresentar as condições mínimas de segurança sanitária e de conforto previstas em lei, como instalações com rede de iluminação, estacionamento, ambiente de refeições, água potável, banheiros separados por sexo, com sanitários individuais que disponibilizem cesto de lixo e papel higiênico, lavatórios com material para higienização das mãos, chuveiros com água quente e fria.

Nos casos de cobrança para permanência dos veículos, os locais de espera, repouso e descanso deverão ser cercados e o controle de acesso e permanência será realizado pelo operador do serviço.

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

UNIEG celebra o Dia do Evangélico em Guadalupe com inspiradora pregação do Preletor Wesllei Nogueira e a presença de autoridades municipais

Evangélicos, membros da União das Igrejas Evangélicas de Guadalupe e autoridades se uniram para celebrar a data comemorativa, no...

Prefeito Antônio Reis recebe comenda da Ordem do Mérito Comercial Marquês de Paranaguá

A concessão da Ordem do Mérito Comercial Marquês de Paranaguá é um reconhecimento mais do que merecido pelo trabalho...

Nomofobia: o medo de ficar sem celular e seus efeitos em crianças e adolescentes

O transtorno pode afetar principalmente crianças e adolescentes. Muitas pessoas extrapolam o tempo de uso dos celulares e quando ficam...

Governo Federal mapeia 47 municípios com risco para desastres ambientais no Piauí; veja lista

Um levantamento realizado pelo Governo Federal identificou 47 municípios piauienses mais suscetíveis a ocorrência de desastres associados a deslizamentos...
spot_img

Sebrae/PI promove para trabalhadores da educação em Guadalupe a Oficina de Relações Humanas

O evento foi realizado no Auditório Tony Marcos e foi dirigido pelo facilitador/palestrante Diego da Silva Batista, autor do...

Rafael Fonteles participa do lançamento de frigorífico que vai abater 600 mil aves por dia em Uruçuí

O investimento previsto é de R$ 2 bilhões e devem ser gerados cerca de três mil empregos diretos e...
spot_img

Posts Recomendados