SpaceX demite funcionários após carta com críticas a Elon Musk

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

No documento, trabalhadores da empresa chamaram o bilionário de “distração e constrangimento”

A empresa de foguetes SpaceX demitiu pelo menos cinco funcionários depois de descobrir que eles redigiram e distribuíram uma carta criticando o fundador Elon Musk e pedindo aos executivos que tornem a cultura da empresa mais inclusiva, disseram duas fontes.

A SpaceX não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

SpaceX demite funcionários após carta com críticas a Elon Musk

A presidente da empresa, Gwynne Shotwell, enviou um e-mail dizendo que a empresa havia investigado e “demitido vários funcionários envolvidos” com a carta, informou o New York Times nesta semana.

Conforme publicou o NYT, o e-mail de Shotwell dizia que os funcionários envolvidos na divulgação da carta foram demitidos por fazer outros funcionários se sentirem “desconfortáveis, intimidados, oprimidos e/ou irritados porque a carta os pressionou a assinar algo que não refletia suas opiniões”.

A Reuters não pôde confirmar de forma independente a reportagem.

O documento, intitulado “Carta aberta aos executivos da SpaceX”, vista pela Reuters, chamou Musk de “distração e constrangimento” para a empresa.

Em uma lista de três demandas, o material disse que “a SpaceX deve se separar rápida e explicitamente da marca pessoal de Elon”, “manter toda a liderança igualmente responsável por tornar a SpaceX um ótimo lugar para trabalhar para todos” e “definir e responder uniformemente a todas as formas de comportamento inaceitável”.

A carta, relatada pela primeira vez pelo The Verge, foi redigida por funcionários da SpaceX nas últimas semanas e compartilhada como anexo em um bate-papo interno em um grupo chamado “Morale Boosters” que reúne milhares de funcionários, disse uma fonte.

Grande parte das operações comerciais diárias da empresa são lideradas pela presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell. Ela prometeu aplicar os padrões de “tolerância zero” da SpaceX contra o assédio de funcionários.

CNN

Gleison Fernandes
Gleison Fernandeshttps://portalcidadeluz.com.br
Editor Chefe do Portal Cidade Luz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Prefeitura de Floriano discute programação do Bicentenário da Independência e 7 de setembro

Na tarde da segunda-feira (8), o prefeito Antônio Reis Neto, reuniu, em seu gabinete, uma equipe para discutir a...

Justiça em SP condena Facebook a indenizar brasileiro que teve WhatsApp clonado

O Facebook foi condenado a pagar R$ 4.000 por danos a um usuário do WhatsApp que teve o aplicativo...

Carta pela democracia é oficialmente manifesto pró-Lula, diz Ministro Ciro Nogueira

Ministro da Casa Civil de Bolsonaro comentou o fato de o petista ter assinado o manifesto na segunda (8);...

Candidata Gracinha Mão Santa diz que tem R$ 250 mil guardados em casa

No total, a candidata a deputa estadual declarou à Justiça Eleitoral possuir bens no valor de R$ 426 mil. Candidata...
spot_img

WhatsApp começa a permitir “saída silenciosa” de grupos e esconder que está ‘online; veja mais

Novo recurso permite que apenas os administradores recebam notificação da saída. Também será possível esconder o 'online' ao abrir...

Pesquisa realizada em favelas brasileiras aponta liderança de Lula e maior rejeição a Bolsonaro

Do total de entrevistados, 71,95% afirmaram que estão totalmente decididos a respeito de seus votos. Já 15,60% disseram que...
spot_img

Posts Recomendados