CuriosidadesCientistas da Polônia descobrem múmia egípcia de mulher grávida

Cientistas da Polônia descobrem múmia egípcia de mulher grávida

-

spot_img

Esta é a primeira grávida encontrada mumificada no mundo.

Cientistas poloneses descobriram uma múmia egípcia grávida enquanto examinavam seus restos mortais de 2 mil anos, no Museu Nacional de Varsóvia. Esta é a primeira grávida encontrada neste estado no mundo. A descoberta foi anunciada nesta quinta-feira (29).

Foto: ALEKSANDER LEYDO / WARSAW MUMMY PROJECT / AFP

“Meu marido Stanislaw, egiptólogo, e eu, ao examinarmos as imagens radiográficas, notamos no útero da falecida uma imagem familiar a pais de três filhos: um pezinho!”, declarou à imprensa Marzena Ozarek-Szilke, antropóloga e arqueóloga da Universidade de Varsóvia.

“Não sabemos por que o feto não foi retirado do útero da falecida durante sua mumificação”, disse Wojciech Ejsmond, da Academia Polonesa de Ciências, que também participa no projeto.

“Esta múmia é realmente única. Não encontramos casos semelhantes. Isso significa que ‘nossa’ múmia é a única encontrada no mundo com um feto”, ressaltou.

Ozarek-Szilke levantou a hipótese de que pode ter havido uma intenção de “esconder a gravidez (…) ou, talvez, tivesse algum significado ligado a crenças sobre o renascimento na vida após a morte”.

História 

De acordo com o estudo dos hieróglifos inscritos no sarcófago, inicialmente considerou-se que a múmia era de um sacerdote que viveu entre o século I a.C. e o século I d.C. Os cientistas, no entanto, agora acreditam que pode ser ainda mais antiga e estão tentando descobrir a possível causa de sua morte.

A múmia não foi aberta, mas uma das radiografias mostra que a mulher tinha cabelos longos e encaracolados, que desciam até os ombros. Esta descoberta foi anunciada na última edição do Journal of Archaeological Science, uma publicação revisada por pares.

“É o primeiro caso conhecido de um corpo embalsamado de gestante (…) Isso abre novas possibilidades para pesquisas sobre gravidez na antiguidade e práticas relacionadas à maternidade”, destaca o artigo. A múmia foi levada para a Polônia no século XIX e faz parte da coleção de antiguidades da Universidade de Varsóvia. Está no Museu Nacional desde 1917 e está exposta no sarcófago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Enem 2021 só deverá ser realizado em janeiro do ano que vem

A prova relativa a 2020 foi adiada em função da pandemia e realizada só em janeiro de 2021, com...

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória; veja calendário

Caso o beneficiário não faça a comprovação de vida, o benefício pode ser suspenso ou bloqueado. O Instituto Nacional do...

‘Nada vai intimidar a CPI’, diz Renan Calheiros à CNN

Relator diz que governo tenta intimidar os trabalhos da comissão e 'não tem sequer uma linha de defesa'. Em entrevista...

YouTube pagará a criadores de conteúdo para usarem rival do TikTok

A empresa tem um orçamento de aproximadamente 540 milhões de reais. O sucesso do TikTok a nível mundial fez com...
spot_imgspot_img

AGU pede ao Supremo que garanta direito de Pazuello de ficar calado em depoimento à CPI

Depoimento já precisou ser adiado porque Eduardo Pazuello disse ter tido contato com pessoas com Covid. AGU também quer...

Painel da OMS: Pandemia “poderia ter sido evitada” se mundo tivesse agido antes

Painel independente nomeado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) conclui que emergência da Covid-19 deveria ter sido declarada mais...
spot_img

Posts Recomendados