Cidades Justiça mantém decretos da Prefeitura para funcionamento do comércio...

Justiça mantém decretos da Prefeitura para funcionamento do comércio em Teresina

-

Os comércios, em geral, poderão funcionar por até 9 horas diárias; bares, restaurantes, buffets, lojas de conveniência poderão funcionar até às 24h.

Em decisão publicada na última quarta-feira (03), o juiz da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública, Aderson Antônio Brito Nogueira, manteve a eficácia dos decretos municipais nº 20.556/2021 e nº 19.548/20 da Prefeitura de Teresina, que tratam sobre o funcionamento do comércio, bares e restaurantes na capital, a manutenção de atividades consideradas essenciais no período da pandemia da covid-19, bem como medidas sanitárias de enfrentamento ao coronavírus.

Dr. Pessoa – Prefeito de Teresina

De acordo com o Decreto Municipal nº 20.556/2021, festas e prévias carnavalescas estão suspensas, assim como o funcionamento de casas de shows e boates. Os comércios, em geral, poderão funcionar por até 9 horas diárias; bares, restaurantes, buffets, lojas de conveniência poderão funcionar até às 24h, sendo permitido música ao vivo e/ou som ambiente ou instrumental.

“Creio que não cabe impor ao Município de Teresina que obedeça fielmente ao decreto editado pelo Estado do Piauí, pois além de ferir a autonomia municipal, estaria transformando a municipalidade em mera executora ou reprodutora de normas estaduais”, diz o juiz Aderson na decisão. “Penso que ambos os decretos, tanto municipais quanto estaduais, procuram conciliar o exercício da atividade econômica e o direito à saúde pública”, completa.

O magistrado também manteve em vigor o funcionamento das atividades de indústria, comércio, logística e sociais previstas no artigo 3º do Decreto Municipal nº 19.548/2020, observando a necessidade para o atendimento da população de atividades mínimas essenciais, como supermercados, farmácias e padarias. “No que diz respeito às atividades permitidas pelo decreto municipal nº 19.548/20, penso que é bastante razoável a sua manutenção, pois além da saúde, a sociedade tem outras necessidades básicas que precisam ser atendidas”, diz o magistrado na decisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Recentes

Anitta foi a mulher mais pesquisada do Brasil em 2020; leia lista completa

Ana Maria Braga ficou em 2º lugar, seguida pela cantora Jojo Todynho e Kamala Harris foi destaque internacional. A cantora...

Namorada de Whindersson revela sexo do bebê: ‘Mamãe de menino’

O anúncio foi feito durante um chá revelação com a presença de alguns familiares do casal. Namorada de Whindersson Nunes,...

Brasil bate novo recorde e acumula 10 mil mortes por Covid em uma semana

País contabilizou 10.939.320 casos e 264.446 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, segundo balanço do consórcio de...

Visita histórica do papa Francisco ao Iraque tem missa e encontro com aiatolá

A visita por si já tem o seu valor, e ganha dimensão ainda maior com o encontro do pontífice...

Brasil confirma 69 mil casos e 1.555 mortes por Covid-19 em 24h

O país acumula 264.325 mortes e quase 11 milhões de casos confirmados, de acordo com o Ministério da Saúde. O Ministério...

Hospitais no interior do Piauí têm quase 80% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados

Dos 120 leitos de UTI para Covid-19 montados em hospitais do interior do estado, 99 estão ocupados. Em São...

Posts Recomendados